Pezzolano segue 100% no Cruzeiro após a vitória em cima do Athletic

Na Toca da Raposa desde o início do ano, Pezzolano busca retorno à elite com o Cruzeiro - (Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Filipe Sodré - Valinor Conteúdo 
09/05/2022
18:43
Belo Horizonte (MG)

Na vice-liderança da Série B do Campeonato Brasileiro e vivendo seu melhor momento na temporada, o Cruzeiro tem um dos seus pilares, certamente, na beira do campo. Na Toca da Raposa desde o início do ano, Paulo Pezzolano é alvo de constantes elogios da torcida celeste.

Mais do que isso, o treinador uruguaio já é, em pouco mais de três meses, aquele que mais comandou o clube estrelado, desde o fim da "Era Mano Menezes", em 2019. Ao todo, já são 23 jogos, com 15 vitórias, 2 empates e apenas 6 derrotas.

Por incrível que pareça, no intervalo temporal entre os dois citados, nove comandantes lideraram a comissão técnica celeste. Foram eles: Rogério Ceni (8 jogos), Abel Braga (14), a segunda passagem de Adilson Batista (15), Enderson Moreira (12), Ney Franco (7), Felipão (21), Felipe Conceição (19), Mozart Santos (13), e a terceira passagem de Vanderlei Luxemburgo (23).

Na próxima quinta-feira (12), diante do Remo-PA, além de ultrapassar os números que marcaram a última vez de Luxemburgo no Cruzeiro, Pezzolano tenta a classificação na terceira fase da Copa do Brasil. No primeiro jogo, disputado em Belém, 2 a 1 para os paraenses, o que obriga a Raposa a vencer em Belo Horizonte.