Daniel Guedes - Santos

Daniel Guedes chega para reforçar  a lateral-direita do Cruzeiro, que ganha a experiência do jogador, de 26 anos-(Ivan Storti/Santos FC)

Valinor Conteúdo
08/08/2020
17:30
Belo Horizonte

O Cruzeiro confirmou que está praticamente acertado com o lateral-direito Daniel Guedes, que pertence ao Santos e ficará emprestado na Raposa até o final da Série B.

Daniel, de 26 anos, foi um pedido de Enderson Moreira para reforçar o setor, que conta atualmente com o jovem Valdir e o paraguaio Raul Cáceres.

O jogador já está em Belo Horizonte para exames médicos e terá de aguardar a conclusão do seu segundo julgamento por doping, que não tem data marcada, para ser oficializado pela Raposa.

O lateral-direito foi flagrado no Campeonato Brasileiro de 2019, atuando pelo Goiás, pelo uso da substância higenamina, substância que é encontrada em suplementos e acelera o metabolismo do organismo, gerando ganho atlético, no jogo Goiás por 0 a 1 para o CSA, no dia 27 de maio. O lateral só foi suspenso de forma preventiva em setembro, e seu julgamento aconteceu apenas na tarde de quinta-feira, 16 de julho.

Daniel foi julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem (TJD-AD), recebendo pena de oito meses de suspensão, mas como já havia ficado tempo maior do que a pena pela punição preventiva, foi liberado para atuar novamente. Todavia, ainda haverá uma nova averiguação do caso, para confirmar o retorno do lateral aos gramados.

Segundo a defesa do jogador,Daniel consumiu um suco de graviola dias antes do exame, o que teria sido o motivo para a detecção da substância no seu organismo, gerando a sua suspensão pela Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD).

Cabral até o fim de 2021

Outra novidade da Raposa é a extensão de contrato do volante argentino Ariel Cabral, que ficará no Cruzeiro até o fim de 2021.

Com cinco anos de Raposa, chegou em 2015. Cabral não tinha certeza se continuaria e o clube celeste acionou uma cláusula no atual contrato que prevê a ampliação do vínculo por mais um ano.

Com o novo vínculo, Ariel Cabral estará mais perto de se tornar o jogador estrangeiro com mais jogos na história do Cruzeiro, superando Arrascaeta. Ariel jogou 179 partidas, com quatro gols marcados, nove a menos que o uruguaio.