Lucas Romero - Cruzeiro

Romero foi titular no Cruzeiro diante do Tupynambás, no último domingo- (Foto: Pedro Vilela/Lightpress)

Valinor Conteúdo
11/02/2019
18:49
Belo Horizonte

Um dos grandes nomes da temporada 2018 do Cruzeiro, o volante Lucas Romero, se destacou na equipe celeste no ano passado por sua força em campo, além de boa técnica. Porém, raramente o jogador atuou sem sua posição de origem, sendo praticamente o “reserva” imediato de Edílson, já que Mano Menezes não confiava em Ezequiel, que era especialista na posição.

O prestígio de Romero com o treinador sempre foi alto, tanto que em jogos decisivos da Copa do Brasil, Mano escalou o argentino ao invés de Ezequiel. Porém, o ano de 2019 promete ser diferente e o volante deve ganhar mais chances na equipe na sua posição. Romero esteve em campo diante do Tupynambás e jogou no meio de campo.

O técnico Mano Menezes disse que dará mais chances a Romero no meio-campo, dando ao treinador mais uma opção pelo setor, que atualmente conta com Henrique, Jadson, Ariel Cabral, Éderson e Lucas Silva.

- A intenção é utilizar o Romero na posição dele. Ano passado tivemos poucas oportunidades de fazer isso, usamos mais como lateral, esse ano a gente quer usar ele na posição dele. Achamos mais justo com o jogador, para avaliarmos como equipe. Não o jogador em si, mas a mecânica da formação. E a outra é exatamente preparar para coisas do futuro. Jogador tem que ir fazendo isso, tem que ir trabalhando. Você não pode estar com aqueles que você imagina que estarão em determinados momentos, mas você prepara o setor para que ele tenha consistência para suportar uma formação tática um pouco diferente em função dos jogadores que chegaram-disse Mano.

O fim dos improvisos de Romero na direita, e também na esquerda, já que jogou no lugar de Egídio na final da Copa do Brasil, agrada o jogador. que já havia se manifestado sobre o desejo de lutar por uma vaga no time onde se sente mais confortável em campo.

-Não podemos reclamar muito do ano passado, mas tivemos que improvisar, inclusive no momento mais importante da temporada, que foi a decisão da Copa do Brasil. Tivemos que improvisar um jogador do lado esquerdo e com o Romero, porque sentimos que dava mais segurança para a equipe. Sempre procuro ir montando o elenco, as opções do ano, mas sempre dou prioridade aos jogadores da posição. Só vou recorrer a uma improvisação quando o jogador não atender às exigências que é você jogar no Cruzeiro com competições tão grandes. Esse é o caminho- explicou Mano.

Mano Menezes deve estar se preparando para a possível saída de Lucas Silva, cujo empréstimo acaba no meio do ano e ele terá o seu destino definido pelo Real Madrid, dono dos seus direitos econômicos.Logo, Romero ganha status de boa opção para o treinador ter no grupo jogadores que possam assumir a posição quando for necessário.