Mano Menezes

Mano venceu dois mineiros e duas Copas do Brasil pelo Cruzeiro - (Foto: Washington Alves/Light Press)

Valinor Conteúdo
20/04/2019
20:04
Belo Horizonte

O técnico Mano Menezes conquistou o seu quarto título com o Cruzeiro neste sábado, após empatar em 1 a 1 com o rival Atlético-MG na final do Campeonato Mineiro.  Foi o segundo troféu da competição faturado pelo treinador, que também venceu a Copa do Brasil em 2017 e 2018. 

Mano, além de comemorar o bicampeonato estadual, foi à forra com o torcedor do Atlético-MG, que o provocou durante toda a partida, já que no Independência o público fica muito perto do campo e da área técnica. O técnico da Raposa ouviu xingamentos dos atleticanos e, no fim do jogo, com o título garantindo, brincou com os torcedores rivais.

- Tinha um cartaz que dizia 'tremeram de novo'. Mas vocês sabem que faz parte da cultura. Ou você abaixa a cabeça e se encolhe ou você brinca. Eu fiz que estava tremendo. Do mesmo jeito que falam que sou chorão, quando veio o árbitro para a cabine do VAR, disse que ela (torcida do Galo) iria chorar- comentou Mano.

Apesar do bom humor sobre o pênalti marcado com a ajuda do árbitro de vídeo, cometido por Leonardo Silva, o treinador do Cruzeiro fez ressalvas sobre como sistema está sendo utilizado no Brasil.

- O VAR está parando demais o jogo e todo lance está sendo analisado. A partida fica picada demais - disse o treinador bicampeão mineiro.