Rogério Micale volta a trabalhar com categorias de base após passagens por equipes profissionais

Micale ficou no cargo de fevereiro a setembro, mas não seguirá no comando do time sub-20-(Bruno Haddad/Cruzeiro)

Valinor Conteúdo
09/09/2020
06:00
Belo Horizonte

O Cruzeiro confirmou a saída de mais um profissional do departamento de futebol depois da demissão de Enderson Moreira e sua comissão técnica. O treinador do sub-20, o campeão olímpico Rogério Micale, pediu para deixar a Raposa na noite desta terça-feira, 8 de setembro.

Micale alegou motivos pessoais para sair do Cruzeiro. Ele ficou no cargo de fevereiro até setembro e o projeto com a base celeste foi interrompido antes mesmo de começar efetivamente, já que com a pandemia da Covid-19, as atividades do sub-20 estavam paralisadas e ele não comandou nenhum jogo do time de base.

Outro motivo da saída de Micale foi não ter sido cogitado para assumir o profissional após o desligamento de Enderson Moreira. A Raposa está perto de acertar com Ney Franco para o cargo de técnico da equipe azul.

O clube se pronunciou, confirmou a saída de Micale e agradeceu pela passagem na Toca da Raposa. O treinador, de 50 anos, teve
passagens recentes por equipes profissionais, como em 2017, no Atlético-MG e em 2018, no Figueirense, ambas sem muito sucesso.