Léo defendeu o trabalho de Enderson Moreira na Raposa, apesar dos maus resultados na Série B

Léo defendeu o trabalho de Enderson Moreira na Raposa, apesar dos maus resultados na Série B-(Bruno Haddad/Cruzeiro)

Valinor Conteúdo
08/09/2020
07:00
Belo Horizonte

O zagueiro Léo, um dos jogadores veteranos que tentam ajudar o jovem time do Cruzeiro a engrenar, lamentou mais um resultado ruim do Cruzeiro na Série B, o empate por 1 a 1 com o CRB, no Mineirão, nesta segunda-feira, 7 de setembro, pela oitava rodada da competição.

Foi o terceiro encontro no ano com o CRB e o saldo continua negativo, com dois empates e uma vitória da equipe alagoana, do artilheiro Léo Gamalho, que marcou quatro gols nos duelos com o time mineiro.

Apesar de ser o quinto jogo seguido na Série B sem vencer, o defensor acha que o trabalho do técnico Enderson Moreira é bem feito, mas que não houve tempo para o time assimilar tudo e se encaixar.

-O trabalho está sendo bem feito, bem elaborado. Isso leva tempo para encaixar, para jogar com fluência, mais natural, até mesmo o entrosamento, com jogadores que estão chegando agora, para poder evoluir sempre como equipe-disse Léo, em entrevista ao canal SporTV.

Léo defendeu o elenco, destacando que não há reflexos e resíduos do time que foi rebaixado para a Série B no fim de 2019.

-Não tem nada a ver com o ano passado. O ano passado já passou, é página virada. Neste ano nós temos nosso objetivo. O objetivo hoje era vencer, infelizmente não aconteceu, deu empate, 1 a 1. A equipe trabalhou bem a bola, tivemos oportunidades, chances de fazer o gol. Infelizmente, não veio a vitória, temos que continuar trabalhando-comentou.

O Cruzeiro volta a campo sexta-feira, 11 de setembro, às 21h30, contra o Vitória-BA, no Mineirão, pela nona rodada do Brasileiro da Série B.