Cruzeiro x Corinthians

A RAposa tem a vantagem do empate na segunda partida decisiva- Warley Neves Soares

Valinor Conteúdo
11/10/2018
01:22
Belo Horizonte

A vitória sobre o Corinthians, por 1 a 0, na primeira partida final da Copa do Brasil foi comemorada pelos jogadores do Cruzeiro, mas com parcimônia. Sem exageros.

A equipe celeste sabe que foi importante vencer, mas também que o placar é pequeno, para a força do Timão em São Paulo.
Por isso, a equipe saiu de campo com o discurso de dever cumprido, mas nada ganho ainda.

- É um final. Qualquer tipo de vantagem é boa. O Corinthians se defendeu bem durante o jogo. Tem qualidade. Lá vai ser complicado, disse o zagueiro Dedé.


Para o lateral Edílson a Raposa fez um bom papel, conseguiu o triunfo, mas não pode ir para o segundo jogo com o espirito vencedor se quiser sair de Itaquera com o caneco. Ele também comentou a ausência de Egídio, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

- Tem de ir para lá com pensamento e campeão. A ausência do Egídio será sentida mas todo mundo que foi contratado tem o dever de entrar e fazer um bom papel, pois queremos ser campeões, explicou.