Fábio chegou aos 900 jogos pelo Cruzeiro, mas sem poder comemorar, após outra derrota na Série B

Fábio teve um papel importante na vitória celeste com uma grande defesa no fim do jogo, garantindo os três pontos para a  Raposa- (Bruno Haddad/Cruzeiro)

Valinor Conteúdo
21/10/2020
10:00
Belo Horizonte

O Cruzeiro conseguiu vencer após quatro partidas na Série B. Derrotou o Operário-PR por 1 a 0, gol de Arthur Caike, na estreia de Luiz Felipe Scolari no comando da equipe mineira.

Os três pontos também podem ser creditados ao goleiro Fábio, que protagonizou mais uma grande defesa, salvadora, que garantiu o triunfo celeste no fim da partida diante dos paranaenses.

O camisa 1 da Raposa, jogador que mais vestiu a camisa estrelada, celebrou os companheiros, mas também comentou da presença positiva de Felipão à frente do grupo. E, mesmo com pouco tempo de trabalho, Fábio já vê situações que ajudaram a equipe.

-Parabéns para todos os companheiros, que lutaram até o final. Temos que ter esse espírito para jogar a Série B. A gente tem que igualar a condição para que a gente possa sair com o resultado positivo. Hoje a gente lutou, lutou, fez o conseguiu e conseguir sustentar. O Felipão não preciso nem falar. A presença de ter aceitado esse desafio, esse projeto, já mostra o tamanho que ele tem, com personalidade e confiança no trabalho dele. A chegada dele é importante, porque motiva, passa experiência dentro e fora de campo, orientando e também nos bastidores, com as palestras. Esperamos, junto com todos, buscar as vitórias que precisamos para sair dessa situação-disse Fábio ao canal Premiere após o jogo;

O Cruzeiro terá o restante da semana de treinos, pois só jogará novamente no domingo, 25 de outubro, contra o Náutico, nos Aflitos. Assim, Felipão deverá ter mais tempo para conhecer o restante do elenco e desenhar uma sonhada reação na Série B.