Enderson Moreira demonstra otimismo com o Cruzeiro na Série B, mas indica dificuldades no início da competição

O treinador celeste conseguiu, junto com o elenco, fazer seis pontos em dois jogos e zerar a pontuação negativa da Raposa na competição-(Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Valinor Conteúdo
12/08/2020
16:47
Belo Horizonte

O Cruzeiro cumpriu sua meta de vencer os dois primeiros jogos na Série B(triunfos sobre Botafogo-SP e Guarani), zerando a pontuação negativa de seis pontos imposta por uma punição da FIFA por não pagar um débito com o Al Wahda, pelo empréstimo do volante Denílson, em 2016.

Os resultados positivos vieram com muito empenho da Raposa. Mas, foram duas partidas em que o Cruzeiro teve de suar muito para manter o resultado até o fim do jogo.

Diante do Botafogo-SP e do Guarani, o time mineiro precisou ter muita força mental e poder de reação para sair vencedor, já que os placares foram apertados(2 x 1 e 3 x 2), com momentos de tensão, pois na estreia teve de buscar o gol da vitória após levar o empate e contra Bugre, precisou virar o jogo.

Enderson Moreira, técnico cruzeirense, frisou o poder de reação do time celeste nos momentos decisivos dos jogos.

-O grupo tem mostrado poder de reação, de acreditar, competir. Jogos são complicados. Temos jogos ótimos na Série B, equipes que põem bola no chão, criam dificuldades, Guarani criou dificuldades. Conseguimos filtrar bem e conquistar os pontos essenciais para a nossa trajetória-disse o treinador, que reforçou a importância dos seis pontos conquistados e da qualidade dos rivais da Série B.

- Tenho de enaltecer o poder de reação da equipe, a forma como a gente conseguiu o resultado, diante de ótima equipe. As vezes achamos que Série B não tem qualidade, a gente se engana. Enaltecer o trabalho do Thiago Carpini, que já está há aproximadamente um ano, fez ótimo Paulista, criou dificuldades para várias equipes. Temos que valorizar os nossos resultados. Não vai ser fácil jogar aqui e conseguir uma vitória-concluiu.