O Cruzeiro teve muitas dificuldades em passar pela retranca da Pantera

O Cruzeiro teve muitas difculdades em superar a retranca da Pantera no Mineirão-(Reprodução/Tempo Sports)

Valinor Conteúdo
09/02/2022
21:43
Belo Horizonte (MG)

O Cruzeiro sofreu, mas venceu o Democrata-GV por 1 a 0, com gol aos 53 minutos do segundo tempo, nesta quarta-feira, 5 de fevereiro, no Mineirão, pela quinta rodada do Campeonato Mineiro. Edu balançou a rede e garantiu a vitória da Raposa.

O time azul tentou o jogo inteiro furar a defesa da Pantera, mas batia na retranca e na cera exagerada do time do interior, só conseguindo seu gol, assim como ocorreu diante da Caldense, no último minuto de partida.

O jogo não teve grande qualidade, com o Cruzeiro reclamando muito do antijogo do Democrata, que tentou pontuar em BH na base da cera, com vários jogadores se jogando ao chão, para que o tempo passasse mais rápido. Edu, artilheiro da Raposa, com dois gols no Mineiro, salvou a equipe mais uma vez.

Com o resultado, a equipe celeste chegou aos 12 pontos e pode ser líder ao fim da rodada do Estadual de Minas Gerais. O Democrata está com cinco pontos, na sétima colocação.

Próximos jogos

O Cruzeiro volta a campo no sábado, 12 de fevereiro, às 19h, diante da Tombense, fora de casa. Já a Pantera de Valadares terá pela frente o Uberlândia, no mesmo dia, só que às 20h.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

CRUZEIRO 1 x 0 DEMOCRATA-GV
Data: 9 de fevereiro de 2022
Horário: 19h30(de Brasília)
Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Wanderson Alves de Souza
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Samuel Henrique Soares Silva
Gol: Edu, aos 53’-2ºT(1-0)
Cartões amarelos:
Cartões vermelhos: Weslley (DEM)
Público: 12.313
Renda: R$ 245.620,00

Cruzeiro (Técnico:Martin Varini)

Rafael Cabral; Rômulo, Maicon, Oliveira (Eduardo Brock, aos 27’-2ºT) e Rafael Santos (João Paulo-intervalo); Adriano (Daniel Júnior-intervalo), Machado, Pedro Castro (Thiago, aos 31’-2ºT), Bidu e Waguininho e Edu .


DEMOCRATA-GV (Técnico: Paulo Cesar Schardong)

Lucão; Matheus Pivô, Gabriel Marques, Gabriel Ferreira e Weslley (Júlio Lima, aos 21’-2ºT); Galhardo (Vini Locatelli, aos 3’-2ºT), Matheus Carioca,Thomás, Filipe Carvalho (Matheuzinho-intervalo) e Chico (Rafael Caldeira, aos 25’-2ºT ) e Bidick (Marcelinho-intervalo)