Vitor Leque quer ganhar ainda mais a confiança de Luxemburgo para ter espaço no Cruzeiro

Vitor Leque está nos planos da Raposa para 2022, mas sua permanência é incerta-(Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Valinor Conteúdo
14/12/2021
20:11
Belo Horizonte

O Cruzeiro e o Atlético-GO travam uma disputa, por enquanto verbal, para contar com o atacante Vitor Leque, emprestado pelo time goiano à Raposa.

O Dragão pediu o retorno do atleta, pois é o detentor dos seus direitos econômicos. O acordo com o time mineiro era válido até maio e com a recusa em ceder o jogador, abriu-se uma discussão entre os dois clubes.

O contrato de empréstimo previa opção de compra por parte do Cruzeiro.E, segundo a Raposa, o Atlético-Go foi avisado de que os mineiros iriam exercer o direito de compra, o que, segundo o Cruzeiro ocorreu no dia 10 de dezembro.

- O contrato de empréstimo de Vitor Leque com o Cruzeiro previa o exercício de compra em definitivo, o que foi formalizado pelo clube no último 10. Além de notificarmos o clube goiano, realizamos o pagamento da primeira parcela no mesmo dia, cumprindo o que previa o contrato-dizia um comunicado da Raposa, que iria pagar R$ 350 mil para ter o jogador de vez,

Ainda de acordo com o Cruzeiro, o pedido de retorno do jogador feito pelo Atlético-GO aconteceu após a notificação da Raposa e o pagamento da parcela inicial, como estava previsto no contrato.

- Somente após nossa notificação e pagamento da primeira parcela é que o Atlético, inerte até então, solicitou o retorno do atacante, o que não faz qualquer sentido jurídico. O atleta tem vínculo e registro com o Cruzeiro, que aguarda sua imediata apresentação para treinamentos, sob pena de clube e jogador serem acionados juridicamente.

Vitor Leque chegou ao Cruzeiro para o sub-20 no início deste ano e acabou tendo chances no profissional, com Luxemburgo. Ele fez 10 jogos pelo time principal, com dois gols marcados.