Bruno Silva (Foto: Bruno Haddad / Cruzeiro)

O volante é defendido por Mano, mas contestado pela torcida cruzeirense-  (Foto: Bruno Haddad / Cruzeiro)

Valinor Conteúdo
15/09/2018
17:33
Belo Horizonte

O volante Bruno Silva ganhou mais uma oportunidade no Cruzeiro e vai para o clássico contra o Atlético-MG, neste domingo, às 16h, no Mineirão. O jogador tem tido a confiança do técnico Mano Menezes e fará o seu quarto jogo seguido como titular. Bruno jogou contra contra Internacional, Botafogo e Sport.

Se Bruno conta com a confiança do chefe, o jogador ainda gera desconfiança no torcedor Cruzeirense que não viu o melhor do seu jogo que o trouxe do Botafogo para a Toca da Raposa. Porém, o volante comemora a sequência de jogos e considera estar no melhor momento na equipe.

- Estou no meu melhor momento, com certeza, pela sequência. É a primeira vez que eu tive uma sequência de quatro jogos e naturalmente as coisas vão começando a acontecer. Sempre treinei firme e forte para que o Mano tenha confiança em mim e acho que ele está feliz pela resposta que eu estou dando, disse.

Bruno Silva, como todos os envolvidos no clássico, se diz motivado e mexido com o maior jogo de Minas. Mas, para ele a emoção é ainda maior, pois será o seu primeiro duelo contra o rival como titular da equipe azul.

- Clássico é um jogo à parte, mexe com a emoção do torcedor e de nós jogadores. Espero fazer um grande jogo e ajudar como tenho ajudado nas últimas partidas para que o Cruzeiro possa sair vitorioso. Tenho certeza de que o nosso torcedor vai comparecer e dar a vitória de presente para o torcedor amanhã seria sensacional, completou.

O camisa 20 da Raposa destacou ainda a importância de uma vitória no clássico, para que o tetracampeão brasileiro possa diminuir a distância que o separa das primeiras colocações da competição nacional.

- Nós estamos em uma fase de jogos decisivos, pela Libertadores e Copa do Brasil. Mas não deixamos o Brasileiro, que é um campeonato muito difícil, de lado não. Esperamos retomar as vitórias no Brasileiro e precisamos dos três pontos para não deixar quem está na frente abrir uma diferença maior. Vitória no clássico é muito importante para nós e para a torcida, comentou.