Guilherme Biro

Guilherme Biro foi "batizado" pelos veteranos na concentração do Corinthians (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)

Fábio Lázaro
07/03/2021
06:00
São Paulo (SP)

Usar atletas das categorias de base será a tônica dos times brasileiros nesta temporada, e o Corinthians já experimentará colocar diversos garotos de uma vez no início do ano esportivo. Acometido por um surto de Covid-19 que atinge 14 jogadores, o Timão encarará a Ponte Preta, às 11h, deste domingo (7), na Neo Química Arena, pela terceira rodada do Campeonato Paulista, repleto de pratas da casa. 

>> Confira a tabela do Paulistão e simule os próximos jogos

Entre os relacionados para o confronto diante da Macaca, 12 são crias das categorias de formação corintiana: os goleiros Matheus Donelli e  Alan; o lateral Guilherme Biro; o zagueiro João Victor; os meias Adson, Gabriel Pereria, Matheus Araújo e Roni; e todos os atacantes, Antony, Felipe, Jô e Rodrigo Varanda. 

Desses, Donelli, Alan, Biro, Araújo, Antony, Felipe e Varanda foram promovidos neste ano esportivo - Os Matheus Donelli e Araújo chegaram a ser relacionados em um jogo dos profissionais na temporada passada, mas não entraram em campo. 

Entre os titulares, o goleiro fez a sua estreia no empate em 2 a 2 contra o Palmeiras, na última quarta-feira (3), na Neo Química Arena, pela terceira rodada do Paulistão, e deve se firmar no Timão pelo menos até a volta do titular Cássio, que cumpre isolamento, no mínimo, por mais uma semana. Outro menino do Terrão que vem ganhando espaço e se destacou é o atacante Rodrigo Varanda, que foi titular nos dois primeiros compromissos do Corinthians no Estadual e marcou o gol de empate no Dérbi. 

Contra a Macaca, o nome que certamente deve ganhar espaço é o lateral-esquerdo Guilherme Biro. Aos 16 anos, o jogador é um dos destaques do elenco sub-17, e pode ganhar chance logo entre os titulares pelas ausências de Fábio Santos e Lucas Pitón, seus companheiros de posição, mas que, como boa parte do plantel corintiano, estão em quarentena. 

Vagner Mancini ainda pode optar por improvisar algum zagueiro na posição, vide a inexperiência de Biro, que treinou apenas duas vezes essa semana com o time principal - ele já havia participado de algumas atividades em momentos distintos, mas visando preparação para jogo essa semana foi a primeira. Na falta de Fagner, que estava entregue ao Departamento Médico e agora é mais um na estatísticas do contaminados com a Covid-19, Bruno Méndez tem sido opção na lateral-direita. O próprio beque uruguaio pode ser alternativa do lado oposto, assim como João Victor, também zagueiro, mas que pode compor uma das laterais.

Com o experiente Jô, embora rodado e experiente, aos 33 anos, é cria corintiana há a possibilidade de um Corinthians titular com até meio time formado de pratas da casa: Donelli, Guilherme Biro ou João Victor, Roni, Rodrigo Varanda e o camisa 77.

Sem vencer a sete partidas, sendo as quatro últimas empates, o Timão joga diante a Ponte o fim do jejum e a conquista dos primeiros três pontos neste Paulistão.