Tévez Corinthians

Tévez foi eleito o melhor jogador do Campeonato Brasileiro de 2005 (Foto: Divulgação/Ag.Corinthians)

LANCE!
29/01/2022
12:31
São Paulo (SP)

Próximo de anunciar o fim de sua carreira, o atacante Carlos Tévez admitiu que gostaria de fazer um jogo de despedida em cada um dos clubes pelo qual vestiu a camisa, e citou primeiramente o Corinthians.

> GALERIA: Timão ativo no mercado para “se livrar” de atletas fora dos planos

O argentino participou do evento "Noite Amarela" em Barcelona, no Equador, e declarou à ESPN de seu país os planos para sua aposentadoria.

- Eu gostaria de encerrar esse capítulo. Fazer uma entrevista coletiva dizendo que não ia jogar mais, depois ir ao Corinthians, Juventus, Manchester City, e depois ir ao Boca e encerrar tudo como sempre sonhei - contou o atacante.

Tévez esteve na cidade equatoriana como convidado do Barcelona, que apresentou seu elenco para a temporada 2022. O atacante desconversou sobre um retorno aos gramados.

> TABELA: Confira a tabela do Paulistão e simule os próximos jogos do Timão

- Deixei de jogar há sete meses, estou aproveitando a família e os amigos, só quero curtir um pouco deste clima aqui [nos campos do Equador] que fez tanto sentido para mim - completou

O último clube de Carlitos foi o Boca Juniors, onde ficou até junho de 2021. Ao se despedir do clube Xeneize naquela época, ele havia deixado o seu futuro em aberto, mas agora caminha para a aposentadoria.

Tévez foi o líder da equipe corintiana que conquistou o tetracampeonato brasileiro em 2005. Naquela campanha, marcou 20 gols e foi eleito o melhor jogador do Brasileirão. Ele foi contratado junto ao Boca Juniors com a ajuda da MSI, fundo de investimento que foi parceiro do clube naquela década.

Conhecido por aliar raça e técnica em grandes doses, Carlitos se tornou ídolo instantâneo da Fiel mesmo jogando por apenas um ano e meio com a camisa do Corinthians, apresentando uma postura de humildade e muita determinação. O argentino é o segundo maior artilheiro estrangeiro da história do clube do Parque São Jorge, com 46 gols em 78 jogos entre 2005 e 2006.