Alexandre Guariglia
01/06/2021
07:00
São Paulo (SP)

Na derrota diante do Atlético-GO, que marcou a estreia de Sylvinho como técnico do Corinthians, o novo comandante não fez grandes modificações no time em termos de nomes, mas chamou a atenção o retorno de Gil entre os titulares, já que o atleta parecia ter perdido espaço. Com isso, e declarações após o jogo, ele mantém a briga aberta por vaga na formação de sua zaga ideal no Timão.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Relembre o desempenho do Corinthians no Brasileirão por pontos corridos

Antes da chegada de Sylvinho, e com o período interino de Fernando Lázaro, a tendência parecia ser uma zaga formada por João Victor e Raul Gustavo, que além de mostrarem bons momentos em campo, vinham ganhando a simpatia da torcida, mesmo com a ida de Gil, um ídolo da Fiel, para o banco de reservas.

>> Timão utilizou 34 jogadores na temporada 2021; confira quem mais atuou

Logo na primeira partida do novo treinador, porém, Gil foi escalado ao lado de Raul Gustavo, que parece ser o "mais titular" entre os concorrentes por uma vaga no setor. Enquanto João Victor, que já atuou improvisado na lateral direita e também como zagueiro, foi para o banco nessa estreia do Brasileirão. Segundo declaração de Sylvinho, a intenção parece ser equilibrar a experiência.

- Começo do jogo, campo rápido, óbvio que tem o aspecto técnico e vamos buscar, entre jovens e veteranos, na construção de time temos bastante gente jovem que necessita de tranquilidade, bons passes, entendimento do jogo, percepções para poder estar se desenvolvendo em campo - afirmou o técnico.

Apesar de Gil ser um nome histórico do clube e ter sua importância, Sylvinho não garantiu a titularidade de nenhuma de suas peças para a defesa. O treinador ainda citou Bruno Méndez, que pode ter chances, e não descartou a volta de João Victor para o 11 inicial. Para ele, todos terão oportunidades, mas o objetivo é definir uma dupla, que dá segurança para a montagem da equipe.

- Nós entendemos que o Gil é um jogador importante, assim como os demais. O João (Victor) está crescendo muito, assim como o Raul. Nós vamos ter muitos jogos, muitos atletas e buscar a melhor formação e dupla de zaga para dar segurança. O Gil tem o seu compromisso com o clube, está inteiro e vai continuar jogando, assim como o João vai voltar, o Raul vai continuar jogando, nós temos o Bruno (Méndez) e outras opções que podem ser dadas. Temos que fazer as coisas com tranquilidade, assim como foi o proposto quando a gente se apresentou - comentou o comandante alvinegro.

Nesta terça-feira, em treinamento no período da tarde no CT Joaquim Grava, Sylvinho vai definir a equipe que vai enfrentar o Atlético-GO pela segunda vez consecutiva, mas agora pela partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Por conta da derrota no último domingo, é possível que o treinador faça algumas modificações, até mesmo pela provável volta de Gabriel no meio.

Sylvinho - Treino Corinthians
Sylvinho deixou disputa aberta (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)