Fabricio Oya - Corinthians

Fabrício Oya marcou o primeiro gol da partida (Foto: Eduardo Carmim/Photo Premium)

LANCE!
05/01/2019
23:23
Itu (SP)

Sem grandes sustos, o Corinthians selou sua classificação para a próxima fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Neste sábado, o Timão derrotou o Sinop-MT por 4 a 1, em jogo válido pela segunda rodada da fase de grupos, realizado no Estádio Novelli Júnior, em Itu. Fabrício Oya, Roni, João Celeri e Nathan marcaram os gols para a equipe treinada por Eduardo Barroca; Heitor diminuiu para a equipe do Mato Grosso quando a partida estava 2 a 0 para o Timão.

A partida foi ainda mais importante para os jogadores do Corinthians pela presença de Fábio Carille, treinador da equipe profissional, nas tribunas do estádio. Além dele, Emerson Sheik e Vilson, novos dirigentes, também viram do estádio o Timão garantir a classificação para a próxima fase da competição, chegando aos seis pontos e ocupando a primeira posição no Grupo 17, já que o Ituano, com a mesma quantidade de pontos, ficou uma colocação abaixo pela quantidade de gols pró (7 do Corinthians contra 6 marcados pelo Ituano).

A terceira e última rodada da fase de grupos colocará frente a frente Corinthians e Ituano, que, com classificações já garantidas, vão disputar a primeira posição do grupo. O jogo será realizado na próxima terça-feira, às 21h30, no próprio Estádio Novelli Júnior.

A GOLEADA DO TIMÃO

Com um estilo de jogo definido, o Corinthians tomou conta da posse da bola desde os primeiros minutos da partida, sem oferecer muitas chances à equipe adversária. Logo aos 13 minutos, o Timão abriu o placar graças a uma jogada individual de Fabricio Oya, que dominou na entrada da área, ajeitou o corpo e finalizou colocado, no ângulo.

A metade do primeiro tempo foi quente. Aos 27 minutos, o Corinthians ampliou o placar após uma boa jogada pelo lado esquerdo, que terminou com um gol de Roni. Quando tudo indicava um possível resultado elástico por parte do Timão, o Sinop diminuiu o placar: no lance seguinte ao gol, Heitor diminuiu, se aproveitando de uma falha coletiva da defesa do Corinthians, que não afastou um lançamento que veio do meio-campo.

Os minutos iniciais da etapa complementar foram marcados por seguidos ataques do Corinthians, que parou em boas defesas do goleiro Lucão ou em conclusões para longe da meta. A pressão no campo ofensivo surtiu efeito aos 20 minutos, quando Piton dominou com liberdade pelo lado esquerdo e cruzou para João Celeri, que completou para o fundo das redes.

O placar virou goleada aos 28 minutos, quando Janderson, um dos jogadores que mais apareceu na partida, driblou três jogadores dentro da área, deixou Lucão no chão e tocou para Nathan, que teve apenas o trabalho de finalizar para o fundo do gol, marcando o quarto gol do Corinthians.