Athletico-PR x Grêmio - Tiago Nunes

Tiago Nunes assinou com o Corinthians até o fim do ano que vem (Foto: Miguel Locatelli/Athletico-PR)

Yago Rudá
08/11/2019
08:00
São Paulo (SP)

Oficializado no comando técnico do Corinthians na tarde da última quinta-feira, Tiago Nunes apenas assumirá a equipe no ano que vem. Mesmo assim, o treinador já trabalhará em conjunto com a diretoria de futebol no planejamento para a próxima temporada, quando o Timão espera voltar a disputar a Copa Libertadores. Enquanto o interino Dyego Coelho assume a responsabilidade de dirigir a equipe, o novo comandante do Alvinegro montará o elenco para a temporada 2020, incluindo dispensas e contratações.

Atual campeão da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana, Tiago Nunes optou por iniciar seu trabalho apenas ao fim desta temporada. Resta exatamente um mês para o fim do Campeonato Brasileiro e o comandante entende que não há tempo suficiente para conhecer o elenco e implantar seu método de trabalho no CT Joaquim Grava. Por conta  disso, e em comum acordo com a diretoria, Tiago calçará as chuteiras e comandará os treinos com bola apenas em janeiro do ano que vem.

TABELA

> Confira a classificação do Campeonato Brasileiro 

Até lá, o novo contratado do Corinthians não deve ser visto pelo torcedor corintiano e seu trabalho ficará nos bastidores. Um de suas primeiras tarefas no Timão será definir quais são jogadores que retornam de empréstimo. Nomes como Pedro Henrique (Athletico-PR), Camacho (Athletico-PR), André Luis (Fortaleza) e Thiaguinho (Oeste) pintam como um dos favoritos a ganharem nova chance no clube do Parque São Jorge com a nova comissão técnica. 

Vale lembrar que Tiago Nunes assinou contrato até o fim da próxima temporada, quando chega ao fim a gestão do presidente Andrés Sanches no Alvinegro. O primeiro jogo oficial do novo comandante do Timão será nos Estados Unidos, dia 15 de janeiro, contra o Spartak Moscou, em amistoso agendado pela Florida Cup. 

Vale lembrar que o treinador trará consigo quatro profissionais. Os auxiliares Evandro Fornari, o ex-jogador Kelly, o preparador físico Túlio Flores e o analista de desempenho Pedro Sotero. Ainda há a possibilidade de mais um ou dois nomes serem anunciados pela nova comissão técnica. Ao todo, o pacote custará R$ 850 mil mensais aos cofres do Corinthians