Guilherme Amaro
07/12/2018
07:00
São Paulo (SP)

O elenco do Corinthians "perdeu" mais de 100 anos ao final desta temporada. Emerson Sheik, de 40 anos, se aposentou, enquanto Vilson, 30, e Danilo, 39, não tiveram seus vínculos renovados.

A soma da idade do trio dá 110 anos. Sem eles, a diretoria agora busca reforçar o elenco com jogadores experientes. O mais velho agora do elenco é Jadson, de 35 anos.

Para esta temporada, o Timão apostou na chegada de jovens promissores, de olho no futuro. Para 2019, porém, a diretoria admitiu que o foco é reforços "prontos", de peso.

Os líderes do elenco são o goleiro Cássio, o lateral-direito Fagner, o zagueiro Henrique, o volante Ralf e o meia Jadson.

Sheik fazia o papel de passar experiência aos jovens, que sempre elogiavam a postura do veterano. Danilo, apesar de ser mais calado, também era elogiado pela garotada, principalmente por conta do seu empenho em renascer após sofrer duas fraturas na perna direita em 2016.

Por fim, Vilson não atua há dois anos, mas tinha papel importante no elenco. Ele era o chamado "bom de grupo": amigo de todos do CT Joaquim Grava. Além disso, foi importante na volta por cima de Cássio, ao levar o goleiro para a Igreja.

Até agora, o Corinthians já contratou quatro reforços para a próxima temporada. Do quarteto, o mais experiente é o lateral-direito Michel Macedo, de 28 anos. Os outros são os atacantes Gustavo Silva, de 21 anos, e André Luis, também de 21 anos, além do volante Richard de 24 anos.

A diretoria ainda analisa a contratação do zagueiro Leandro Castán, de 32 anos. O defensor tem vínculo com o Vasco até o fim de 2019. O meia Thiago Neves, de 33 anos, é sonho da diretoria, mas sua contratação é vista como difícil.