Corinthians x Oeste - 2013 - Primeiro Gol de Alexandre Pato

Pato estreou no último 5 a 0 do Timão antes desta quarta, contra o Flu (Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)

Alexandre Guariglia
13/01/2021
23:14
São Paulo (SP)

O Corinthians goleou o Fluminense por 5 a 0, nesta quarta-feira, na Neo Química Arena. Um resultado que empolgou a torcida na briga por vaga na Copa Libertadores, mas que também proporcionou um placar que não acontecia há quase oito anos, na estreia de Alexandre Pato pelo clube.


TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

GALERIA
> Relembre 15 estrangeiros que tiveram passagem discreta no Corinthians

Esse último 5 a 0 do Timão aconteceu em 3 de fevereiro de 2013, diante do Oeste, pelo Campeonato Paulista daquele ano. Os corintianos, ainda extasiados pelo título mundial no Japão, ainda curtiam a chegada de Pato, contratado junto ao Milan como uma das maiores negociações do futebol brasileiro.

O atacante estreou justamente naquela partida, no Pacaembu, em que o Corinthians atropelou o time do interior paulista. Pato saiu do banco de reservas e deixou sua marca fechando o placar, em seu primeiro toque na bola.

Antes dele, Paolo Guerrero (duas vezes), Paulinho e Danilo já haviam marcado para construir a goleada, que até então era o último 5 a 0 do clube, mas que perdeu esse posto após a equipe de Vagner Mancini passar por cima do Fluminense, na edição de 2020 do Campeonato Brasileiro.

Como coincidência, participaram daquela partida Gil e Fábio Santos, que defendiam o clube naquela época. Além deles, Alessandro, que hoje é gerente de futebol corintiano, estava na lateral direita daquele time de 2013.

Veja uma pequena ficha técnica daquele jogo

CORINTHIANS 5 X 0 OESTE
Torneio: Campeonato Paulista
Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data-Hora: 3/2/2013 - 17h
​Gols: Guerrero (9'/1ºT) (1-0), Guerrero (12'/1ºT) (2-0), Paulinho (40'/1ºT) (3-0), Danilo (24'/2ºT) (4-0), Alexandre Pato (28'/2ºT) (5-0)

CORINTHIANS
​Danilo Fernandes; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho (Guilherme) e Danilo (Douglas); Jorge Henrique, Emerson Sheik e Guerrero (Alexandre Pato). Técnico: Tite.