Júnior Moraes - Corinthians 1 x 1 Guarani - Quartas de Final Paulistão 2022

Em dois jogos, Junior Moraes tem cerca de 70 minutos com a camisa do Corinthians (Foto: Rodrigo Corsi/Paulistão)

Fábio Lázaro
02/04/2022
07:00
São Paulo (SP)

Contratado para ser o tão esperado centroavante do Corinthians, Júnior Moraes não tem suprido as expectativas do clube nas primeiras semanas de clube. 

Com a queda de rendimento corintiano nas partidas decisivas do Campeonato Paulista e a eliminação na semifinal, sendo dominado pelo São Paulo, no Morumbi, o técnico Vítor Pereira tem ‘recalculado a rota’ para as estreias na Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e principalmente Libertadores, que o Timão terá no mês de abril.

> TABELA - A Libertadores vem aí! Confira a tabela e simule os primeiros jogos
> GALERIA - Relembre as estreias do Timão na Copa Libertadores

É bem verdade que Moraes só entrou em campo duas vezes pelo Corinthians e as duas durante o segundo tempo, contra o Guarani, pelas quartas de final do Paulistão, e no Majestoso pela semi do Estadual, mas segundo informações obtidas pelo LANCE!, o diagnóstico feito pelo treinador português foge das características técnicas e físicas que o camisa 18 apresentou no dia a dia de treinamentos.

A maior preocupação de Vítor Pereira no momento é a condição física do Timão, principalmente em jogos de maior exigência, como na estreia da Libertadores, contra o Always Ready, na Bolívia, a 3.600 metros de altitude, ou até mesmo contra equipes com mais tempo de trabalho e superiores tecnicamente, como o Atlético-MG, Flamengo e Palmeiras, times a serem batidos no futebol brasileiro atualmente. 

Para isso, o treinador corintiano busca uma equipe mais leve no meio-campo e forte no ataque, e o que foi visto de Júnior Moraes no cotidiano de trabalho até aqui foi um jogador de bastante participação sem a bola, que volta para buscar o jogo, flutua bastante ofensivamente, mas não tem a força desejada por Pereira para ser um atleta que trombe com os zagueiros, faça o pivô e arraste espaços para jogadores mais velozes do meio-campo apareçam de trás para construir chances de gols.

Na sua apresentação como atleta do Corinthians, no último dia 22 de março, Moraes admitiu que precisaria de tempo para se encontrar no futebol brasileiro e dentro das necessidades do clube do Parque São Jorge, algo que ainda não aconteceu.

- Eu procuro sempre achar os espaços conforme o país ou o campeonato em que jogo. Aqui no Brasil, o estilo de jogo é totalmente diferente daquele da Europa. Vai ser um desafio tentar achar a melhor maneira de jogar para fazer gols. Acredito que a versatilidade que tenho, de mudar conforme o espaço que eu for encontrando, para ser eficiente, é uma das melhores características que tenho - disse Júnior Moraes, há 11 dias.

Com isso, um jogador que estava ‘esquecido’ no Corinthians e tem tudo para ganhar chances no clube é o centroavante Jô, que recentemente se envolveu em polêmica no clube ao faltar em dois treinamentos e ser multado.

De acordo com informação publicada pelo ‘UOL Esporte’ e confirmada pelo LANCE!, o camisa 77 tem trabalhado como titular nos esboços feitos por VP para a estreia na Libertadores, que acontecerá na próxima terça-feira (5).

As faltas de Jô foram justificadas pelo atacante somente para diretoria, que não aceitou as ‘desculpas’ e multou financeiramente o atleta.

Questionado pela reportagem do L! durante a zona mista após a derrota do Timão para o Tricolor, pela semifinal do Paulistão, o centroavante não quis entrar em detalhes sobre a suas ausências, que coincidiram com a data e o dia seguinte ao seu aniversário de 35 anos.