LANCE!
09/02/2021
14:46
São Paulo (SP)

O Corinthians se prepara para iniciar uma maratona nas próximas semanas em busca da vaga na Copa Libertadores. Serão cinco jogos em 15 dias até o término do Brasileirão-2020. E o primeiro desafio será contra o Athletico-PR, em casa, nesta quarta-feira, em confronto direto na tabela. O foco do elenco é pensar no jogo a jogo, mas sem oscilar como nas últimas rodadas.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

GALERIA
> Veja os jogadores que participaram dos gols do Corinthians na Era Mancini

Em entrevista coletiva virtual nesta terça-feira, Fábio Santos falou desses próximos compromissos do Timão, mas priorizou o duelo com o Furacão que, para ele, é essencial nessa batalha pela competição continental. Além disso, é contra os paranaenses que a equipe não poderá voltar a oscilar, já que são três derrotas e duas vitórias nos últimos cinco jogos disputados na temporada.

- A gente sabe, temos essa consciência, temos focado bastante nisso (oscilação). O jogo mais importante para gente, no momento, é o confronto direto. Com dois jogos a menos, a gente pode abrir uma vantagem e firmar de vez a oitava colocação, porque sabemos que a sequência que vem é muito complicada. Passa muito pelo jogo de amanhã (quarta-feira) a vaga na Libertadores, e estamos concentrados em fazer um bom jogo. Não podemos oscilar no jogo de amanhã - comentou o lateral-esquerdo.

Nos próximos 15 dias, o Corinthians fará cinco jogos e não terá mais "semana cheia" para treinar e se recuperar. Fábio Santos sabe como essa maratona pode pesar, já que passou por isso recentemente e acabou sentindo o peso do cansaço, sem poder revezar com Lucas Piton, que se recupera de cirurgia. Para aguentar tudo isso, ele tem conversado sempre com a comissão técnica.

- Desde que eu cheguei, principalmente no ano passado, a gente teve várias semanas abertas e acredito que tenha sido notório que quando você tem uma semana para trabalhar o rendimento é melhor. Como na semana passada, fizemos cinco, seis jogos seguidos, com o tempo curto de recuperação, na minha autocrítica, eu abaixei nos jogos contra Bragantino e Bahia. Tenho conversado com a comissão técnica, preparador físico, e me sinto melhor quando tenho uma semana de recuperação, meu rendimento tem sido melhor - disse o ídolo alvinegro antes de completar:

- Teve o problema do Piton ter feito uma cirurgia (na hérnia inguinal) e não tínhamos jogador para revezar em uma sequência pesada. A temporada é longa e exige isso para jogar. Durante a temporada a gente vai conversando e ajustando, quando você vê que está caindo, vai conversando para que o desempenho da equipe não sofra com isso.

Perguntado se o Corinthians terá algo planejado física, tática e mentalmente para esse "sprint final" na temporada, Fábio Santos preferiu focar novamente no próximo adversário antes de projetar a maratona de jogos que virá.

- A gente está pensando jogo a jogo. Sabemos que no final do campeonato a sequência não vai ser fácil, e temos que jogar na tabela jogo a jogo. O que precisamos nesse jogo do Athletico-PR é a vitória, confronto direto que pode nos dar uma condição nesse campeonato. A gente sabe da importância que estão depositando, mas focamos no próximo jogo - concluiu.

O Corinthians recebe o Athletico-PR, nesta quarta-feira, às 21h30, na Neo Química Arena, pela 35ª rodada do Brasileirão-2020. Com 48 pontos, o Timão está na oitava posição na tabela e pode abrir vantagem de até três pontos para seus concorrentes diretos por vaga na Libertadores, incluindo o Furacão.

Fábio Santos - Coletiva Corinthians
Fábio Santos durante a coletiva (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)