Corinthians - Apresentação Ronaldo Corinthians (foto:Ari Ferreira/LANCE!Press)

Ronaldo foi apresentado há dez anos pelo Corinthians (foto:Ari Ferreira/LANCE!Press)

LANCE!
12/12/2018
07:00
São Paulo (SP)

"Não é mole, não. Ronaldo é mais um louco pra jogar no Coringão!"

Foi com esse canto que a torcida do Corinthians comemorava, há exatos dez anos, uma das maiores contratações do futebol brasileiro. Uma cartada fenomenal de Andrés Sanchez, presidente do clube em 2008 e que voltou ao cargo em fevereiro deste ano.

Ronaldo Fenômeno ajudou o Corinthians a se reconstruir, a mudar de patamar. Após disputar a Série B do Brasileirão em 2008, o clube apresentou o atacante no dia 12 de dezembro, no Parque São Jorge.

- Quero dizer para vocês que isso é um grande sonho realizado da nossa grande nação corintiana. Quem merece, quem é a protagonista de tudo isso, sem ser o Ronaldo, é a nação corintiana. Muito obrigado, e viva o Corinthians - discursou Andrés para os cerca de seis mil torcedores que trocaram 1kg de alimento não perecível e compareceram à Fazendinha para a apresentação do Fenômeno.

- Queria só dizer novamente que aqui está de verdade mais um louco para esse grande bando de loucos apaixonado pelo Corinthians. Obrigado, e vamos com tudo - completou Ronaldo.

Dez anos depois, é difícil pensar que Andrés e Ronaldo imaginavam a mudança que o Corinthians teria a partir de 2009. De lá pra cá, o clube construiu um dos CTs mais modernos do país e cansou de conquistar títulos: Paulista, Copa do Brasil, Brasileirão, Recopa Sul-Americana, a tão sonhada Libertadores e o Mundial de Clubes.

Em campo, Ronaldo contribuiu para os títulos paulista e da Copa do Brasil em 2009. Ao todo, foram 69 jogos e 35 gols marcados entre 2009 e 2011, quando deixou o clube. Mas a importância maior do Fenômeno foi mostrada fora das quatro linhas.

- O Corinthians, é óbvio, cresceu. Principalmente fora do Brasil. Ficou muito mais conhecido. A partir daquele momento, Ronaldo colocou o Corinthians num patamar nunca antes visto - analisou Andrés Sanchez, ao Uol.

A relação entre Corinthians e Ronaldo ainda existe, principalmente após a volta de Andrés à presidência do clube, em fevereiro. O dirigente, inclusive, usou a imagem do Fenômeno em cartazes durante sua campanha, além de falar que Ronaldo "ficaria mais próximo" do Timão.

Eles se encontraram no mês passado, quando Andrés viajou pela Europa em busca de reforços. Ronaldo, por exemplo, recepcionou o presidente em visita ao Real Madrid (ESP). O ex-atacante também ajuda em intermediações para parcerias, de acordo com a diretoria corintiana. Dez anos depois, ainda mostra sua importância para a mudança de patamar do clube.