Peñarol x Corinthians

Eliminações do Corinthians decepcionaram também as pretensões financeiras (Foto: MARIANA GREIF / AFP / POOL)

LANCE!
11/06/2021
08:00
São Paulo (SP)

O Corinthians soma três eliminações doloridas nesta temporada. E essas quedas não afetaram apenas o emocional do grupo e dos torcedores, elas também causaram decepções financeiras para o clube, que vive um ano sabidamente de contenção de despesas e de cofres vazios. Ao todo, o Timão deixou de ganhar pelo menos R$ 5 milhões em premiações.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Relembre o desempenho do Corinthians no Brasileirão por pontos corridos

A primeira eliminação veio na Copa Sul-Americana, ainda na fase de grupos da competição, em que apenas o líder de cada chave atingia a etapa seguinte. Por cada jogo como mandante, o Alvinegro levou 300 mil dólares, totalizando 900 mil dólares (R$ 4,550 milhões na cotação atual), além dos 120 mil dólares por ter sido um dos segundos colocados, acumulando R$ 5,157 milhões.

No entanto, caso tivesse conquistado a vaga às oitavas de final, o Corinthians teria levado mais 380 mil dólares (R$ 1,921 milhões), sem contar aquilo que poderia ganhar se continuasse avançando de fase na sequência.

Em seguida, veio a eliminação na semifinal do Paulistão, diante do Palmeiras. Com ela, o Timão ficou na terceira posição e levou R$ 755 mil, já com o desconto de 30% pelos custos do protocolo contra a Covid-19. Se tivesse atingido a final do torneio, o clube teria faturado pelo menosR$ 399 mil a mais, que seria o valor do prêmio do vice. O título valeria R$ 2,745 milhões.

Por fim, veio a mais recente eliminação, na terceira fase da Copa do Brasil, ao ser tirado da competição pelo Atlético-GO. Até a queda, o Corinthians já havia levado R$ 4,2 milhões pelos avanços anteriores. No entanto, acabou deixando de faturar R$ 2,7 milhões, que é a premiação para quem atinge as oitavas de final do torneio. Se avançasse, esse montante cresceria nas fases seguintes.

Sendo assim, somando R$ 1,921 milhão que deixou de ganhar na Sul-Americana, os R$ 399 mil no Paulistão, e os R$ 2,7 milhões na Copa do Brasil, o Corinthians perdeu a chance de arrecadar R$ 5,020 milhões com as três eliminações em menos de um mês. Vale lembrar que os valores levam em conta o mínimo que poderia ser acumulado.

Em um ano de contenção de despesas e de foco no pagamento de dívidas, esses R$ 5 milhões farão falta no planejamento corintiano para a temporada. Resta agora buscar a mais alta posição possível na tabela do Brasileirão, tentando faturar o máximo que der em termos de premiação financeira.

Confira os números financeiros do Corinthians nas competições:

Copa Sul-Americana

Recebeu 1,020 milhão de dólares (R$ 5,157 milhões) até ser eliminado
Deixou de receber pelo menos outros 380 mil dólares (R$ 1,921 milhão).

Paulistão
Recebeu R$ 755 mil pelo terceiro lugar
Deixou de receber, no mínimo, R$ 399 mil a mais

Copa do Brasil
Recebeu R$ 4,2 milhões até ser eliminado
Deixou de receber, no mínimo, R$ 2,7 milhões a mais

Total
Recebeu R$ 10,112 milhões
Deixou de receber R$ 5,020 milhões