Corinthians: reunião do Conselho tem pressão por impeachment de Augusto Melo e prazo definido para esclarecimentos

Encontro não foi marcado para debater o tema, mas Rubão e outros conselheiros se manifestaram sobre


Escrito por Vitor Coelho Palhares, supervisionado por

Insatisfeitos com o início da atual gestão do Corinthians, sobretudo com as denúncias envolvendo o contrato de patrocínio máster com a VaideBet, conselheiros de oposição tentaram pautar o pedido de impeachment do presidente Augusto Melo na reunião ordinária que aconteceu na noite desta segunda-feira (28), no Parque São Jorge. A situação, no entanto, segue em processo de análise pela Comissão de Justiça do clube alvinegro.

A boa do Lance! Betting: vamos dobrar seu primeiro depósito, até R$200! Basta abrir sua conta e tá na mão!

Presidente do Conselho Deliberativo corintiano, Romeu Tuma Júnior terá 20 dias para receber o relatório e marcar uma reunião extraordinária onde Augusto precisará esclarecer as acusações de que uma “empresa laranja” havia participado da intermediação no acordo com a empresa de apostas.

Ainda que o encontro desta semana no Parque São Jorge não estivesse com as polêmicas recentes em pauta, alguns conselheiros pediram a palavra e se manifestaram sobre, entre eles o ex-diretor de futebol Rubens Gomes. Principal aliado político de Augusto Melo na eleição presidencial, Rubão foi desligado do cargo de direção cinco meses após o início da administração, por conta de desentendimentos com o mandatário corintiano, principalmente por conta do contrato com a “Vai de Bet”.

Mesmo que Augusto ainda tenha que passar por uma série de interrogações no Conselho, membros da oposição afirmam nos bastidores que as denúncias feitas através da imprensa, e que estão sendo investigadas internamente, já dão materialidade para que seja solicitada a destituição do presidente.

➡️ Tudo sobre o Timão agora no WhatsApp. Siga o nosso novo canal Lance! Corinthians

Para que a abertura do processo de impeachment seja levada adiante, a maioria mais um dos conselheiros precisam assinar uma petição com a solicitação e estarem presentes na reunião onde a pauta será discutida. O órgão possui 200 conselheiros, onde os opositores não são maioria. Porém, pessoas eleitas através da situação atualmente mudaram de lado, parte deles articulados por Rubão. Atualmente, os membros estão divididos.

A tendência é que um próximo encontro ocorra entre o fim de junho e início de julho, já a fim de discutir as denúncias recentes, mas com chances relativas de que o pedido de impedimento de Augusto Melo prossiga. Enquanto isso, os opositores vão seguir a pressão em cima de Romeu Tuma Júnior, para que o presidente do Conselho Deliberativo acelere os processos.

Augusto-Melo-CT-Corinthians
Augusto Melo durante treinamento do Corinthians no CT Joaquim Grava (Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians)

News do Lance!

Receba boletins diários no seu e-mail para ficar por dentro do que rola no mundo dos esportes e no seu time do coração!

backgroundNewsletter