Willian - treino do Corinthians - 27-11

Willian e Roni (foto) podem ser as principais novidades do Timão contra o Bernô (Foto: Olavo Guerra/Ag. Corinthians)

Fábio Lázaro
16/02/2022
06:00
São Paulo (SP)

Em busca da terceira vitória consecutiva no Campeonato Paulista, o Corinthians tem uma missão muito difícil nesta quarta-feira (16): enfrentar o líder geral da competição, o São Bernardo. E com isso o técnico Fernando Lázaro tende a levar o seu time campo com algumas novidades. 

A primeira delas deve ser o retorno do meia Willian ao time titular. Uma das contratações mais badaladas do Timão nos últimos tempos, o camisa 10 é o único do 'quinteto fantástico' que ainda não teve um bom momento desde o retorno ao Parque São Jorge. O jogador também o único entre Giuliano, Paulinho, Renato Augusto e Róger Guedes que ainda não marcou gols desde que chegou à equipe alvinegra. 

> TABELA - Confira e simule os jogos do Timão no Campeonato Paulista
> GALERIA - Veja todos os técnicos estrangeiros na história do Corinthians

Nesta temporada, Willian foi titular apenas na estreia, contra a Ferroviária, até aqui. Depois ficou fora dos duelos contra o Santo André e Santos para fazer um trabalho de controle de carga. Ainda que se colocasse à disposição para esses compromissos, o camisa 10 foi preservado por decisão da comissão técnica e o núcleo médico corintiano, com participação do Centro de Inteligência e Futebol (Cifut). Ao retornar, atuou 30 minutos contra o Ituano e 35 diante do Mirassol, nos dois últimos compromissos do Corinthians. 

Outra novidade, que também pode ser considerada surpresa, pode ser a presença do meia Roni entre os titulares. Fernando Lázaro tem revesado as presenças de Cantillo e Du Queiroz como primeiros atletas do meio-campo, e até agora nenhum entre os dois agradaram. A presença de Roni pode dar uma sustentação a marcação central, ainda que o camisa 29 não tenha a pegada defensiva como principal característica. 

Caso se confirme a escalação como titular do Roni, a prata da casa voltará aos 11 iniciais depois de cinco meses. O jogador começou uma partida pelo última vez no dia 12 de setembro do ano passado, em um empate em 1 a 1 entre Atlético-GO e Corinthians, em Goiânia, pela primeira rodada do segundo turno do último Brasileirão. Na mesma partida teve uma lesão no joelho e só voltar a ficar a disposição dois meses de pois, em novembro, e desde então só entrou no decorrer das partidas. Durante a pré-temporada, o meia também chegou a tratar de dores musculares na coxa direita.