Vinícius Faustini
03/04/2019
23:43
São Paulo (SP)

Foi no limite, com uma boa dose de drama, mas o Corinthians continua na Copa do Brasil. Em jogo no qual Cássio foi expulso e a equipe penou com a falta de inspiração, o Timão foi derrotado por 1 a 0 para o Ceará, na noite desta quarta-feira. Contudo, a equipe saiu da Arena garantindo sua classificação graças ao triunfo por 3 a 1 obtido no jogo de ida, na Arena Castelão.

Após a suada classificação para a quarta fase, a equipe de Fábio Carille volta suas atenções para a semifinal do Campeonato Paulista. Na próxima segunda-feira, a equipe mede forças com o Santos. Como venceu na ida por 1 a 0, em Itaquera, joga por um empate com o rival alvinegro para chegar à final. 

Tomando as rédeas
O Corinthians deu a leve impressão de que não se acomodaria com a vantagem obtida no Castelão. Dominando as ações, o Timão viu Danilo Avelar abrir caminho pela esquerda e esticar a Clayson. O camisa 25 pegou de primeira, mas a finalização carimbou o travessão. Na sobra, Sornoza quase marcou. Fagner também fez o goleiro do Ceará se desdobrar para evitar um gol por cobertura.

Vivendo perigosamente...
Depois de se desdobrar para conter o ímpeto de Clayson e Sornoza, o Vozão gerou calafrios na Arena Corinthians. Aproveitando a frouxidão na marcação adversária, Ricardo Bueno e Felipe Baixola desperdiçaram chances. O sinal de alerta veio quando Tiago Alves estufou a rede, mas o gol foi anulado por impedimento. Depois do "susto", os corintianos voltaram à tona, mas padeceram com a falta de pontaria do ataque. O lampejo veio quando Fagner cruzou e, após desvio de Gustagol, Vagner Love finalizou, mas pegou mal diante de Richard. A sensação é de que equipe de Fábio Carille ficou "devendo".

Cássio é expulso e panorama muda
A volta do intervalo indicava um jogo seguro ao Timão. Cercando o adversário em jogadas pelas pontas, a equipe viu Marllon e Sornoza ameaçarem a meta de Richard. Contudo, o panorama mudou após um grande vacilo de Ralf. O volante falhou ao tentar recuar uma bola e abriu caminho para Ricardo Bueno chegar na cara do gol. Às pressas, Cássio abandonou a meta e impediu a chance de gol fora da área. O árbitro Rafael Traci expulsou o camisa 12 (que saiu aplaudido da Arena Corinthians) e abriu caminho para o Ceará atacar.

Haja drama...
Sobrou tensão ao Timão. Fernando Sobral e Samuel Xavier assustaram. Já Sobral carimbou a trave em batida de longe. Pouquíssimo incisivo nos contra-ataques, o Corinthians foi castigado com uma reta final dramática. Thiago Carleto passou por Fagner e alçou. Roger subiu entre os zagueiros e abriu o placar. Nos acréscimos, Walter desdobrou-se para salvar conclusões de Samuel Xavier e Ricardo Bueno. Aos 51 minutos, os corintianos respiraram aliviados com a vaga assegurada.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 0 x 1 CEARÁ

Data-Hora:
3-4-19 - 21h30
Estádio: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Árbitro: Rafael Traci (SC) Nota L!: 7,5 - Acertou ao anular o gol do Ceará e ao expulsar Cássio.
Público / Renda: 34.639 (34.911 presentes) / R$ 1.241.132,50
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Thiaggo Labes (SC)

Cartões amarelos: Clayson (COR), Chico (CEA)
Cartão vermelho: Cássio (COR), 17, 2º T (COR)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Marllon, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Junior Urso e Sornoza (Ramiro, 25, 2º T); Clayson (Walter, 20, 2º T), Vagner Love e Gustagol (Boselli, 38, 2º T). Técnico: Fabio Carille

CEARÁ: Richard; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Thiago Carleto; Fabinho, Juninho, Ricardinho (Wescley, 16, 2º T), Chico (Roger, 28, 2º T) e Felipe Baixola (Fernando Sobral, 35, 1º T); Ricardo Bueno. Técnico: Lisca