Campanha Holocausto - Corinthians

Campanha do clube sobre o Holocausto recebeu prêmios em Portugal (Foto: Divulgação/Corinthians)

LANCE!
18/07/2020
15:08
São Paulo (SP)

Em novembro de 2019, no jogo contra o Fortaleza, o Corinthians relembrou o começo da Noite dos Cristais, evento que marcou o início da perseguição dos nazistas aos judeus, colocando uma estrela amarela acima do seu escudo, algo que não aparecia mais na camisa alvinegra desde 2013.

A ação, que foi realizada em parceria com a agência Tech and Soul e com o Memorial do Holocausto, venceu quatro categorias no Prêmio Lusófonos da Criatividade, sediado em Lisboa, Portugal.

O Prêmio Lusófonos da Criatividade condecora peças de publicidade da língua portuguesa com uma banca de jurados que conta com moçambicanos, angolanos, portugueses e também brasileiros. Nesta edição, ação conjunta do Corinthians recebeu três Grand Prix, o prêmio considerado o mais alto, nas categorias marketing relacional, eventos e media espontânea. E a outra honraria foi o design de produto, que ficou com a prata.

Um dos idealizadores da campanha vencedora, o CEO da agência Tech & Soul, Cláudio Kalim, falou da importância e emoção de levar esses quatro prêmios internacionais para o Corinthians e o Brasil.

- A gente está muito feliz de ter recebido esse prêmio, porque é um trabalho necessário para os dias de hoje isso que o Corinthians fez com o Memorial do Holocausto. De falar sobre a questão da intolerância, de lembrar o que aconteceu para que não se repita, é uma coisa importantíssima nos dias de hoje. Em um ano com tudo que está acontecendo, a gente ser premiado na Europa é muito legal. A gente está muito feliz. A Agência tem três anos de vida e já ganhando esses prêmios todos junto com esses parceiros como o Corinthians e o Memorial do Holocausto - agradeceu Cláudio.

Além da estrela amarela estampada acima do escudo do Timão naquele duelo pelo Brasileirão, o átrio da Arena Corinthians recebeu a exposição em fotos chamada "Sobreviventes do Holocausto".