Arthur Elias - Corinthians 3 x 1 São Paulo - Final do Paulistão Feminino 2021

Arthur Elias comandou o Timão á tríplice coroa na temporada de 2021 (Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag.Corinthians)

Fábio Lázaro
10/12/2021
18:34
São Paulo (SP)

O técnico do time feminino do Corinthians, Arthur Elias, não esconde o seu desejo de um dia trabalhar no futebol masculino, mas esse sonho não será realizado tão cedo, não pelo menos na próxima temporada. 

Em entrevista coletiva virtual concedida após receber o prêmio de melhor técnico do Brasileirão Feminino, no Troféu ESPN Bola de Prata Sportingbet, Arthur garantiu que permancerá no Timão em 2022, ainda que tenha recebido sondagens de equipes masculinas interessadas no seu trabalho. 

- Eu não sei se está próxima (transição para o masculino), mas vai acontecer. É um objetivo meu, de carreira, e me sinto preparado para assumir qualquer equipe de futebol. Treinador precisa conhecer do processo, métodos de treinamento, exercer liderança que impacte todas as pessoas envolvidas no processo e a gestão com os jogadores, mas também com tudo o que significa o clube, o entendimento do clube. Tenho a convicção de que eu estou pronto, mas o próximo passo é importante, pensando muito bem, porque vai ser um risco na minha carreira, mas acho que em alguns momentos temos que tomar uma decisão. Já surgiram alguns convites, mas o momento agora é pensar no próximo ano, no Corinthians. Eu vou ficar pelo menos mais um ano no Corinthians a frente do futebol feminino - trouxe Arthur Elias. 

Arthur exaltou o elenco corintiano na sua conquista individual, como melhor treinador do Brasileirão Feminino em 2021, pelo Bola de Prata. 

- Desempenho da equipe, a forma que joga, os números que são impressionantes e os títulos são os fatores. Ainda bem que tenhamos feito uma trajetório de muito  esforço, vitoriosa e viver um grande momento da carreira - ressaltou o técnico. 

Assim como após conquistar o título paulista, diante do São Paulo, na última quarta-feira (8), Arthur não escondeu que termina a temporada desgastado e pontuou a perda de algumas atletas negociadas ou por lesão como alguns desafios durante as competições deste ano

- Foi uma temporada bastante desgastante para nós. Participamos de todas as competições, todos os jogos possíveis, todas as finais, mas de muito sucesso, 100% de aproveitamento, algo difícil das equipes repetirem. Muito duro, problemas que tivemos, no início da temporada perdemos a Tainá, goleira preparada paa jogar, depois saiu a Gabi Nunes, a Crivelari, lesão da Erika, e conseguimos superar bem, trazer soluções ao elenco, ao grupo de atletas que vem evoluindo cada vez mais dentro do modelo de jogo - comentou Elias. 

Desde a chegada ao Corinthians, em 2017, ainda na parceria do Timão com o Audax, Arthur Elias já conquistou 10 títulos. Não houve temporada que o treinador passou em branco defendendo o Timão. Ainda assim, o profissional acredita que 2021, com a tríplice coroa, devido as conquistas do Paulista, Brasileiro e Libertadores, foi a melhor temporada das Brabas sob o seu comando

- Acho que foi a melhor temporada, ganhando três trítulos. Futebol se vive de resultados, vencemos todos os mata-mata que disputamos. Foi a melhor temporada, em um ano em que enfrentamos todas as dificuldades. Manutenção é diária - disse Arthur. 

Seis atletas de Arthur Elias no Corinthians dominaram a Seleção do Brasileirão no Bola de Prata, são elas a zagueira Erika, a lateral-esquerda Yasmin, a volante Andressinha, as meias Vic Albuquerque e Tamires e a atacante Gabi Nunes. A meia-atacante Gabi Zanotti teve o seu gol contra a Ferroviária, em Araraquara, pela partida de ida da semifinal do Brasileirão, no dia 29 de agosto, eleito como o mais bonito.