Gabriel Carneiro
16/01/2017
11:28
São Paulo (SP)

Quatro dias após Flávio Adauto, diretor de futebol do Corinthians, dizer durante a apresentação de Colin Kazim Richards que Jadson já havia rescindido contrato com o Tianjian Quanjian, da China, e assim criar um mal-estar entre o jogador e o clube, enfim o cancelamento do contrato foi acertado durante a madrugada desta segunda-feira. Jadson tinha mais um ano de vínculo na Ásia, mas entrou em acordo, receberá uma generosa multa rescisória e já assinou a rescisão, que deve ser anunciada em breve pelo Tianjin.

A decisão de rescindir o contrato partiu do próprio clube chinês, que subiu para a Primeira Divisão na última temporada e promete fazer gastos mais altos do que fez no ano passado, quando contratou os brasileiros Jadson, Luis Fabiano e Geuvânio - os dois primeiros, inclusive, não fazem parte dos planos. O Tianjin deseja preencher a cota de três ou quatro estrangeiros (a liga local estuda reduzir o número de entradas) com nomes mais "pomposos", e decidiu liberar Jadson unilateralmente - um ano de contrato equivale a R$ 18 milhões, mas os valores acordados para a rescisão não foram divulgados.

O acordo entre Tianjin e Jadson já estava encaminhado há algumas semanas, tanto é que um dos representantes do jogador foi à China na época da reapresentação do meia. O Corinthians tinha a informação de que a quebra do vínculo era uma possibilidade real, mas segundo pessoas ouvidas pelo L! a precipitação de seu dirigente causou mal-estar durante as negociações.

 
Agora, Jadson está livre. O Corinthians aparece como favorito para anunciar o retorno do meia de 33 anos, até porque tem negociações em andamento com o estafe do jogador, além da prioridade por conta da relação afetiva do campeão brasileiro com o clube. Jadson, porém, não fechará as portas para outras propostas - recentemente, o Cruzeiro sondou o estafe do meia e desistiu por conta de questões financeiras. Fato é que o jogador precisará reduzir sua pedida salarial e o Timão elevar para que se atinja um denominador comum.

O Corinthians já contratou Jô, Kazim, Gabriel, Luidy, Paulo Roberto, Fellipe Bastos e Pablo para 2017, mas Jadson seria o principal nome da janela. Diretoria e comissão técnica veem o meia como o jogador que pode mudar o patamar do Timão em 2017. O marfinense Drogba também está negociando com o clube.