Romero em treino do Corinthians

Romero vem treinando normalmente com o elenco do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr)

Guilherme Amaro
23/02/2019
06:30
São Paulo (SP)

A novela sobre a renovação de contrato de Romero com o Corinthians deve acabar sem acerto entre o clube e o jogador. Na sexta-feira, o presidente Andrés Sanchez disse que o atacante não quer renovar seu vínculo, que vai apenas até o dia 14 de julho.

As negociações com Romero irritaram Andrés, que tentou conversas desde que voltou à presidência do clube em fevereiro do ano passado. Irritado com a postura do paraguaio, Andrés deixou as tratativas para o diretor de futebol Duílio Monteiro Alves.

Duílio, porém, também não teve sucesso. No início deste mês, as partes retomaram as negociações e chegaram a tratar sobre o assunto de forma mais otimista.

Na visão dos dirigentes, Romero enrolou o Corinthians para ficar livre no mercado. No ano passado, o paraguaio falava que iria definir sua situação após a disputa da Copa do Mundo. Entretanto, mesmo depois do Mundial, não houve acordo.

- O Romero, para falar a verdade, estamos há um ano tentando renovar com ele. E "despacito (lentamente), despacito, despacito, despacito e despacito" - disse Andrés, em entrevista coletiva no mês passado.

O caso de Romero chegou a ser comparado com o do compatriota Balbuena. No ano passado, perto do fim do vínculo, o zagueiro exigiu uma multa rescisória considerada baixa para renovar o contrato. Pouco tempo depois de assinar, foi vendido ao West Ham (ING), que pagou a multa de 4 milhões de euros (cerca de R$ 18 milhões na época).

Sem renovar, Romero não tem sido utilizado pelo técnico Fábio Carille, que recebeu ordem da diretoria. O atacante vem treinando normalmente no CT Joaquim Grava com o restante do elenco.

Romero tem 26 anos e chegou ao Corinthians no meio de 2014 contratado do Cerro Porteño (PAR). Desde então, disputou 221 partidas e marcou 38 gols. Romero conquistou quatro títulos no período, o que lhe rende o posto de estrangeiro com maior número de conquistas na história do Timão ao lado do volante colombiano Freddy Rincón.