Marcelo Segurado - Diretor do Ceará

Israel Simonton/Divulgação Ceará

LANCE!
12/10/2018
16:59
Futebol Latino

Depois de um fraco início de Campeonato Brasileiro, o Ceará, que conseguiu, em 2018, acesso à Série A após sete anos, é um outro time após a pausa para o Mundial. Até a 9ª rodada, sem conseguir nenhuma vitória, a equipe amargava a lanterna do campeonato com três pontos obtidos em 27 disputados. O aproveitamento era de 11,11% apenas.

Com o desligamento de Marcelo Chamusca, técnico do acesso na temporada passada, e da passagem relâmpago de Jorginho, que pediu transferência para o Vasco após três derrotas consecutivas no Vovô, a diretoria do Alvinegro cearense escolheu o nome de Lisca para tentar salvar o Ceará mais uma vez.

Isso porque, em 2015, o "doido" foi protagonista da campanha que evitou o rebaixamento do time à Série C. À época, as chances para o descenso ultrapassavam os 90%. Em uma arrancada histórica, o Ceará conseguiu se livrar da queda inédita para a 3ª divisão, na última rodada, vencendo o Macaé por 1 a 0.

Desde a 10ª rodada à frente da equipe, Lisca tem, no momento, 50% de aproveitamento - foram 27 pontos conquistados nos 18 jogos disputados até aqui. De lá para cá, cinco derrotas, seis empates e sete vitórias, duas destas contra os grandes Corinthians, no Castelão, e Flamengo, com os mais de 60 mil torcedores no Maracanã. O Vovô é o time que abre a zona de rebaixamento da Série A, na 17ª colocação, mas com um jogo a menos.

Para Marcelo Segurado, executivo de futebol do Ceará e um dos responsáveis pela chegada de Lisca ao clube, o trabalho do treinador vai muito além do aspecto incentivador no extra-campo. "O Lisca tem uma identificação absurda com o Ceará. Ele é obcecado por vencer. E isso contagia todos os departamentos do clube", avaliou.

"Ele é ligado em tudo! O fator motivacional é apenas uma das ferramentas do Lisca para fazer o time render em campo. É um estrategista nato. Não só tem variedade de padrões táticos de jogos, como também prepara minunciosamente cada treino pensando nas características do próximo adversário", revelou Segurado.

O próximo desafio que o time de Lisca tem pela frente no Brasileirão é contra o Botafogo. A partida contra os cariocas acontece na segunda-feira, às 20h (Horário de Brasília), na Arena Castelão. A diretoria liberou carga promocional de ingressos para o confronto. A estimativa de público é de mais de 30 mil torcedores.