LANCE!
27/08/2017
18:36
São Paulo (SP)

Willian brilhou intensamente no clássico entre Palmeiras e São Paulo. O atacante alviverde fez o primeiro e o segundo gol do Verdão, além de ter dado assistência para Hyoran fechar o marcador em 4 a 2. Por tudo isso, o camisa 29 do Palmeiras recebeu a maior nota do LANCE! na avaliação da partida. Confira abaixo as notas para os jogadores e técnicos de ambos os times.

ATUAÇÕES > PALMEIRAS
Russel Lopes (russellopes@lancenet.com.br)


5,5
Fernando Prass

Tinha a defesa aberta no gol de Marcos Guilherme e pouco pôde fazer no gol de Hernanes. Além dos gols, pouco exigido.

5,0
Jean

Teve mais liberdade para subir devido ao posicionamento de Guerra, porém, não correspondeu à expectativa de Cuca e cochilou no gol de Hernanes.

6,0
Edu Dracena

Pelo lado direito da defesa não se posicionou bem e deu espaço no gol de Marcos Guilherme. Impediu gol que poderia ser o de desempate do São Paulo.

6,5
Luan

Melhor posicionado, desarmou por baixo e afastou perigo pelo alto. Manteve o nível ao mudar para o lado direito.

6,0
Michel Bastos

Perdeu na corrida para Marcos Guilherme no primeiro gol do São Paulo. Depois, se redimiu com assistência para Willian ao acertar belo cruzamento.

5,5
Bruno Henrique

Sobrecarregado na marcação, não conseguiu conter os contra-ataques são-paulinos. Acabou substituído por Keno, atacante.

6,0
Tchê Tchê

Deu boas opções para a saída de bola e ocupou muitos espaços. No ataque, errou passes considerados simples.

6,5
Guerra

Em posicionamento diferente do que está acostumado (mais aberto pela direita), mostrou qualidade e criou a maioria das jogadas do Palmeiras com passes rápidos.

6,0
Moisés

Um pouco apagado em relação ao que costuma apresentar. Errou pouco, mas criou menos do que se esperava.

8,5
Willian

O melhor do Palmeiras e talvez o cara da partida. Aproveitou lançamento de Michel e teve total mérito em jogada individual no segundo gol. Mudou a partida em menos de cinco minutos.

7,0
Deyverson

Teve poucas chances de finalizar, quando pôde, estava impedido. Porém, apareceu para o jogo ao servir Keno para o terceiro gol.

7,5
Keno

O escolhido por Cuca para dar velocidade ao time e ser mais agudo. Deu trabalho a Buffarini e foi coroado com gol ao acertar belo chute de média distância.

7,0
Hyoran

Aproveitou passe de Willian para liquidar o jogo.

6,0
Thiago Santos

Entrou para fechar o time após o gol da vitória. Quase um zagueiro, barrou cruzamentos para o meio da área e tirou o perigo.

7,0
Técnico: Cuca

Corrigiu problemas defensivos no segundo tempo e acertou nas três substituições: Keno (autor do terceiro gol), Hyoran (autor do gol da vitória) e Thiago Santos (para fechar o time e assegurar o placar).

ATUAÇÕES > SÃO PAULO
Marcio Porto (marcio@lancenet.com.br)


4,5
Sidão

Não teve culpa efetiva nos gols, mas colocou o time em perigo com saídas de bola erradas. Precisa melhorar isso com urgência..

5,5
Buffarini

Argentino conseguiu sua primeira assistência desde que chegou ao servir Hernanes, mas ainda precisa render mais.

5,0
Arboleda

Até vai bem em certo ponto, mas é constantemente estabanado e as rebatidas geralmente não dão certo.

5,5
Rodrigo Caio

Bem posicionado, foi seguro atrás quando exigido. Perdeu um gol incrível quase debaixo da trave no segundo tempo.

5,0
Edimar

Errou o tempo de bola no lance que gerou o primeiro gol do Palmeiras. Comprometeu na marcação, mas foi bem na saída de bola.

6,0
Petros

Combativo, participação importante na segurança e na transição entre defesa e ataque. Mas o time não ajuda e sofre demais.

6,5
Marcos Guilherme

Sua velocidade foi a principal arma. Um gol ce bola no travessão. Na hora de se consagrar, errou e gerou o contra-ataque da virada.

6,0
Jucilei

Foi driblado facilmente por Willian no lance do segundo gol palmeirense. No entanto, melhorou no segundo tempo e passou a ditar o ritmo.

7,0
Hernanes

Muita tranquilidade e categoria para marcar o gol. Não foi excecpional, mas segue fundamental para o time. Sexto gol desde a volta.

4,5
Cueva

Inoperante no ataque e desatento na cobertura defensiva. Irritou companheiros ao tentar passe de calcanhar perto da área.

6,5
Pratto

Vinha bem até deixar a partida, com participação importante. Deu uma grande assistência para Marcos Guilherme abrir o placar.

5,0
Gilberto

Não entrou bem, perdendo bolas fáceis e se posicionando mal. Na única chance, jogou muito longe do gol.

5,5
Lucas Fernandes

Também não entrou bem, sem alterar a criação do time, participando pouco das jogadas. A expectativa era para mais.

5,0
Denilson

O máximo que conseguiu foi atrapalhar uma jogada ofensiva do time, perto do gol. Ainda não disse a que veio.

4,5
Técnico: Dorival Júnior

Time enfrentou o rival de igual para o igual, mas pecou muito em detalhes. Defesa está longe de ser sólida. Sofre muito.