Eduardo Barroca - Botafogo

Eduardo Barroca ganhou títulos importantes, como o Brasileiro, pelo sub-20 do Bota (Foto: Reprodução / Twitter BFR)

Lazlo Dalfovo
16/04/2019
18:41
Rio de Janeiro (RJ)

Logo após conceder a sua primeira entrevista coletiva, Eduardo Barroca foi ao campo anexo do Nilton Santos e, como novo técnico do Botafogo, teve o primeiro contato com o grupo. O treino teve início às 16h, foi aberto aberto à imprensa e já contou com participação de outros membros: o auxiliar-técnico Alfredo Montesso e o preparador físico Anderson Gomes, que se juntam a Bruno Lazaroni e Felipe Capella, membros fixos da comissão do Alvinegro.

O único desfalque da atividade ficou por conta da estrela da equipe. Diego Souza, que ainda se recupera de uma lesão muscular na coxa esquerda, não foi a campo, pois está no departamento médico. Já Carli, Valencia e Alan Santos, desfalques dos últimos jogos, participaram sem limitações e devem estar à disposição do novo comandante para a estreia no Campeonato Brasileiro. 

Na atividade principal desta tarde, que durou cerca de duas horas, Eduardo Barroca dividiu o plantel em três times - incompletos - em duas partes do campo. Ou seja, havia sempre um grupo à espera para ser atacado e tentar recuperar a bola, com o objetivo de sair em contra-ataque do outro lado. 

Outros pontos a serem destacados foram as presenças do zagueiro Kanu e do meia Zé Gatinha. O primeiro retornou recentemente de empréstimo junto à Cabofriense, que não o utilizou, e aguarda uma nova oportunidade no clube. Já o segundo, em reta final de contrato (a expirar no dia 30 deste mês), realizou apenas um trabalho à parte ao lado do fisioterapeuta Leandro Oliveira. 

Daqui até a estreia do Botafogo - e de Eduardo Barroca sob o comando da equipe profissional do clube - no Brasileirão ocorrerão mais oito treinos até a partida diante do São Paulo, no dia 27, fora de casa.