LANCE!
17/08/2021
14:42
Rio de Janeiro (RJ)

São cinco vitórias nos últimos seis jogos. Desde que Enderson Moreira, ninguém fez mais pontos que o Botafogo na Série B do Brasileirão. O momento é valorizado por Luís Oyama, personagem de entrevista coletiva realizada nesta terça-feira no Estádio Nilton Santos.

+ Saiba o que o Botafogo precisa para terminar a rodada no G4

– Estou muito feliz pelo momento que estamos vivendo, uma sequência de vitórias chegando perto do objetivo de chegar no G4. Acho que ninguém tem cadeira cativa no Botafogo, tenho trabalhado diariamente para conquistar meu objetivo e estou feliz por ter conseguido - afirmou.

O meio-campista explicou como o Alvinegro tem encarado o Campeonato Brasileiro: pensando jogo após jogo. O foco não é em sequências longas, apenas no que está por vir. Nesta quarta-feira, o Botafogo encara o Guarani no Brinco de Ouro, pela 19ª rodada.

– O Enderson sempre conversa com a gente sobre ansiedade, o foco é sempre no próximo jogo. Não nos programamos muito para uma sequência de jogos e sim pensamos sempre nos próximos três pontos, no caso agora contra o Guarani. Não existe ansiedade aqui, o professor nos dá muita confiança para trabalhar e desempenhar o melhor futebol - ressaltou.

MAIS DECLARAÇÕES DE LUÍS OYAMA

Funções em campo
– Não muda para nós que somos volantes, temos papel importante na marcação. Conversamos muito, tanto eu e Pedro (Castro) quanto com o Barreto. Os dois têm liberdade total para sair, a questão é a comunicação no meio do jogo.

Gol contra o Brasil de Pelotas
– Fico feliz de ter participado do gol. Todo atleta fica contente de ajudar a equipe diretamente. Creio que foi um gol bonito pelo conjunto e ter premiado o Carli com sua volta (como titular), é um cara que merece muito por ter feito esse gol.

Onde prefere atuar
– Desde que cheguei no Botafogo deixei bem claro que posso fazer a função de primeiro ou segundo volante, isso vai depender do professor, do que ele conseguir extrair melhor de mim. A saída de bola é um ponto forte meu, mas vai depender do Enderson.

Luís Oyama - Botafogo
Luís Oyama em ação pelo Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)