João Victor Fubá

Fubá era uma das promessas da base do Botafogo (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Sergio Santana
29/01/2021
17:06
Rio de Janeiro (RJ)

O Botafogo tenta "aparar as arestas" de uma importante perda envolvendo as categorias de base. O clube de General Severiano negociou com o Palmeiras e ficará com 25% dos direitos econômicos de João Vítor Fubá, atleta que estava na equipe sub-17 do Alvinegro, mas que não teve o contrato renovado e fechou com o Verdão.

+ Confira a tabela atualizada do Brasileirão e simule


Em detalhe, o valor total ficou em 20% da negociação entre Botafogo e Palmeiras e mais 5% pelo Alvinegro ser o clube formador de Fubá, totalizando 25% dos direitos econômicos.

Diante da assinatura sem custos de Fubá junto ao Palmeiras, a diretoria buscou o Palmeiras para tentar uma indenização por ser o clube formador do atleta. Inicialmente, o desejo do Alvinegro era receber dinheiro de forma imediata, mas as equipes negociaram para o Glorioso continuar tendo uma "fatia" dos direitos econômicos do meio-campista.

João Vítor Fubá era considerado uma das principais promessas das categorias de base do Botafogo e acumulava convocações para a Seleção Brasileira sub-17. O jogador está treinando com o Palmeiras desde esta semana, mas só pôde assinar o contrato com o Verdão agora que o imbróglio burocrático com o Alvinegro foi resolvido. 

Desta forma, o Botafogo terá direito a receber um quarto do valor de qualquer negociação envolvendo João Vítor Fubá no futuro.