Botafogo x Operario

Cleber Mendes / Lancepress!

Sergio Santana
15/11/2021
19:03
Rio de Janeiro (RJ)

O melhor ficou guardado para o final. O gol de Pedro Castro, que representou o empate do Botafogo diante do Operário - posteriormente a vitória veio -, nesta segunda-feira pela Série B do Brasileirão, foi de suma importância para o acesso do Alvinegro, mas também para uma marca pessoal do atleta.

> ATUAÇÕES: Pedro Castro e Rafael Navarro garantem o Botafogo na Série A 

O camisa 33, agora, vive a temporada com mais gols na carreira. São cinco bolas na rede - até então, o máximo que ele tinha feito em um único ano foi 4, vestindo a camisa do Avaí.

Pedro Castro vivia um jejum neste sentido. O meio-campista não marcava desde a vitória contra o Remo, ainda no primeiro turno sob o comando de Marcelo Chamusca, mas resolveu dar um fim a esta sequência de seca em uma hora propícia: o gol do meia iniciou a virada e, consequentemente, o acesso do Botafogo.

> Veja e simule a tabela do Brasileirão

Emprestado pela Tombense-MG até o fim da temporada, Pedro tem futuro incerto no Botafogo. O clube tem preferência na compra do atleta até o fim do período de cessão, mas não tem fundos financeiros para adquiri-lo, apesar do interesse de mantê-lo.

Clique aqui e ganhe R$50 para jogar no Galera.bet