Nelson Mufarrej - Presidente Botafogo

Nelson Mufarrej é o presidente do Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)

Sergio Santana
01/04/2020
06:30
Rio de Janeiro (RJ)

Clube do Rio de Janeiro que mais contratou jogadores na atual temporada, o Botafogo não deve parar por isso. Pelo menos é o que garante Nelson Mufarrej, presidente do Alvinegro, que fechou com 12 jogadores em 2020. Em entrevista exclusiva ao LANCE!, o dirigente afirmou que o Comitê Executivo de Futebol começou a cuidar das questões de renovação de contratos e, ao mesmo tempo, continua mapeando o mercado em busca de novos jogadores.

- Estamos em curso com processo de renovação de contrato de alguns atletas, e sim, acompanhando o mercado. A equipe de análise e desempenho tem realizado mapeamento em cima de nossas carências. É necessário equilíbrio para suprir os setores deficientes sem estourar o orçamento. Da mesma forma que ser o mais assertivo possível. Nossa margem para erros é mínima. Mas vale frisar que todas as ações do Comitê de Futebol nesse sentido sempre estarão em consonância com o pensamento de todos os envolvidos - afirmou.

Vale lembrar que três jogadores considerados titulares têm contrato se encerrando em dezembro de 2020: Marcelo Benevenuto, Marcinho e Caio Alexandre. Como Mufarrej afirmou, o Botafogo alinha detalhes para formalizar as negociações com ambos.

Apresentação Honda - Botafogo
Honda foi a principal contratação do Botafogo na temporada (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Comitê Executivo de Futebol
Grupo responsável por cuidar de todas as questões administrativas do clube de General Severiano e, ao mesmo, descentralizar as responsabilidades em cima de apenas uma figura, o Comitê Executivo de Futebol foi elogiado por Nelson Mufarrej. Mais ainda, o presidente analisou como positiva a entrada de Marco Agostini no elenco.

- Introduzir o Marco Agostini na função de Vice-Presidente de Futebol tem sido muito importante. Agostini é o representante do Comitê no dia a dia, mostrando a presença da Diretoria, acompanhando de perto a execução do trabalho e buscando resolver os problemas diretamente. As decisões maiores ou situações que fogem da normalidade ele leva para o Comitê definir em conjunto. Ele conviveu bastante com o nosso Espinosa nos seus últimos momentos. Aprendeu muito e tem usado as diretrizes deixadas pelo Mestre Valdir como legado. Tem dado certo - ponderou.

Além dos dois, mais quatro dirigentes fazem parte do Comitê Executivo de Futebol: Carlos Augusto Montenegro, Manoel Renha - ex-diretor geral das categorias de base do Alvinegro -, Ricardo Rotenberg - que também exerce a função de VP Geral e Marketing do clube - e Cláudio Good.

- Essa estrutura de colegiado é uma forma de manter todas as decisões em equilíbrio, sem impulsos, mas com fundamentos. O Montenegro soma com sua grande experiência e liderança, o Rotenberg e o Renha com seus profundos conhecimentos de futebol e negociação, e o Good na capacidade como gestor - analisou.

Mesmo sem encontros presenciais, o grupo responsável pelos negócios do Botafogo tem se reunido por meio de vídeo-chamadas neste período de pandemia, causada pelo coronavírus. Mufarrej afirmou que o trabalho de todos continua normalmente e espera um Botafogo com bons resultados no retorno dos compromissos do futebol.

- As reuniões no Comitê de Futebol são semanais, onde fazemos um acompanhamento de planejamento. Mas as principais demandas são tratadas diariamente, sem horário. É notável o esforço coletivo. Quando tudo normalizar e considerando que as competições não sofram alterações, arrancar nesse final de Taça Rio e fazer um grande Carioca, Copa do Brasil e Brasileiro. Estamos trabalhando para isso - finalizou o presidente.