Jorge Braga - Botafogo

Diretoria do Botafogo no Estádio Nilton Santos (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Sergio Santana
29/10/2021
05:00
Rio de Janeiro (RJ)

Se tem passos sólidos para voltar à Série A do Brasileirão, o Botafogo também busca avançar na questão da S/A e tão sonhada faceta do clube-empresa, que promete profissionalizar o departamento de futebol do clube por completo. Nesta semana, o Alvinegro fechou uma parceria com a XP Investimentos para buscar investidores interessados ao projeto.

+ Daniel Borges bate meta, e Botafogo exerce obrigação de compra de R$ 600 mil para contratar defensor

A empresa será mais uma das formas que o Alvinegro buscará empresas, pessoas ou grupos que estão no futebol interessadas em investir na S/A. O foco de atuação da XP será no exterior pela desvalorização do real em relação ao euro e ao dólar, principais moedas internacionais.

Isto não quer dizer, vale ressaltar, que a XP fechará portas para possíveis brasileiros que apareçam tendo interesse no projeto do Alvinegro. A questão é que as pessoas na rotina da Botafogo S/A também continuam buscando possíveis investidores, com o mercado nacional como um dos focos.

Como a XP Investimentos possui um mercado de atuação amplo, o Botafogo visou a parceria justamente para expandir a área de atuação na busca pelas cifras do projeto do clube-empresa. Vale lembrar que a transformação para Sociedade Anônima do Futebol (SAF) já foi aprovada pelo Conselho Deliberativo do clube, o que facilita.

Outro fator que pesou para o acordo parte da área econômica, algo colocado em pauta com frequência no Botafogo. Pela parceria, o Alvinegro não pagará nada para a XP neste momento, a curto prazo, para que a empresa busque os possíveis investidores fora do Brasil.

A conta chegará no médio/longo prazo. Caso a XP encontre pessoa/empresa realmente interessada na S/A e o projeto avance, o Botafogo pagará parte do valor como comissão à companhia.