Botafogo x Sol de América

Luiz Fernando sinaliza para o irmão, em seu gol (Foto: Vitor Silva/Botafogo FR)

Lazlo Dalfovo e Sergio Santana
29/05/2019
23:23
Rio de Janeiro (RJ)

Dia 20 de janeiro de 2019. Nesta noite de verão, Luiz Fernando marcou o primeiro gol do Botafogo na temporada. E tinha ficado por aí. Tinha... Diante do Sol de América, nesta quarta-feira, o atacante iniciou como titular, voltou a balançar a rede e foi um dos destaques na vitória por 4 a 0, no Nilton Santos.

Luiz marcou o segundo gol na vitória, que carimbou a vaga do Alvinegro nas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Ele se emocionou na comemoração e, questionado em entrevista coletiva a respeito de sua sensação, chorou diante do microfone, além de admitir que vinha se cobrando e estava em má fase. 

- Fiquei emocionado com o gol porque eu não vinha conseguindo render, estava sendo muito cobrado. Fiquei triste com a situação, de não conseguir ajudar o Botafogo. Eu me cobro muito. Cada dia procuro melhorar, estava precisando desse gol para retomar cada vez mais a confiança. Meu irmão veio de longe para me ver, primeira vez que ele vem me ver e falei para ele que ia dar o meu máximo para homenagear ele. Graças a Deus fui feliz - disse o camisa 7 na Sul-Americana, completando: 

- Nem eu sei explicar a queda de produção. Eu não esperava. Nesses dias ruins, a minha família me ajudou muito a seguir trabalhando para a fase passar. Estou reconquistando a confiança, voltando a jogar meu futebol.

Luiz Fernando referiu-se ao irmão Jaílson, que, como dito pelo atleta de 22 anos, foi o assistir no Niltão pela primeira vez. Por fim, Luiz, titular pela segunda vez seguida, agradeceu o técnico Eduardo Barroca pela confiança depositada.

- Ano passado fiz muitos bons jogos, pude ajudar. No começo de 2019 não rendi o esperado. Todos esperavam mais de mim. Agradeço pela oportunidade e a confiança do Barroca para voltar a ser o Luiz Fernando do ano passado. Quero ajudar o Botafogo a chegar o mais longe possível.

O Botafogo de Luiz Fernando, agora, irá encarar o Atlético-MG na próxima fase, a partir de agosto. Já o próximo compromisso no calendário será neste domingo, em clássico com o Vasco, no Nilton Santos e pelo Brasileiro.