Salomon Kalou - Botafogo

Salomon Kalou é o novo jogador do Botafogo (Foto: Reprodução/Twitter Botafogo)

Sergio Santana
10/07/2020
06:00
Rio de Janeiro (RJ)

Salomon Kalou é a tão sonhada segunda estrela que a diretoria do Botafogo desejava. Depois de Keisuke Honda e o fracasso nas tratativas com Yaya Touré, o atacante foi a "cereja do bolo" em relação às contratações para 2020. O impacto de um jogador de calibre mundial, é claro, não foi pequeno. E era justamente isso que o Alvinegro queria.

Internamente, o Botafogo já se planeja para lançar produtos e ações de marketing ligados a Salomon Kalou. A intenção é atrair a comunidade africana e também parte dos torcedores do Chelsea, que possui uma base de fãs em escala global, já que o marfinense teve uma passagem marcante pelo clube londrino no início da década.

Não apenas visando impactos internacionais, mas o Botafogo espera outro 'boom' no programa de sócios-torcedores. Quando Keisuke Honda assinou, o clube saiu de 18 mil associados para 30 mil - mas este número voltou para a casa de 27 a 28 mil com a pandemia do coronavírus e a paralisação das atividades. Agora, a meta é alcançar 40 mil pessoas.

Em termos financeiros, Kalou também não chega para extrapolar a realidade do Botafogo. O marfinense terá um dos maiores salários do elenco, mas nada fora dos padrões alvinegros. Por exemplo, ganhará menos do que Diego Souza, atualmente no Grêmio, no ano passado.

Para Paulo Autuori, Kalou era uma das peças que faltavam para completar o quebra-cabeça do treinador. O novo camisa 8 do Botafogo pode jogar em qualquer posição do atacante, mas, em um primeiro momento, deve ser escalado no lado direito do sistema ofensivo - com Luís Henrique aparecendo no flanco oposto e Pedro Raul pelo centro.

O comandante deu o aval para a contratação. Kalou chega de um ano com poucos jogos no Hertha Berlin, mas até a temporada retrasada era uma das principais peças da equipe da capital alemã - em 2018/19, teve 11 participações diretas em gols em 32 partidas disputadas.