Londrina x Botafogo

Time do Botafogo na Série B (Foto: Ricardo Chicarelli/ Londrina EC)

Sergio Santana
28/06/2021
06:00
Rio de Janeiro (RJ)

Antes ponto forte do Botafogo, o sistema defensivo começa a dar dor de cabeça. A equipe, que até então era marcada pela solidez na primeira metade do gramado, levou mais de um terço dos gols sofridos em toda a temporada 2021 nos últimos três - empate com o Londrina e derrotas para Náutico e Sampaio Corrêa, todos pela Série B do Campeonato Brasileiro.

+ Falso domínio: Botafogo tem posse de bola, mas fica longe de ameaçar Sampaio em derrota na Série B

O Botafogo levou sete gols nestas três partidas. Ao todo, a equipe foi vazada 19 vezes na temporada 2021. Ou seja, praticamente 37% dos tentos tomados pelo Alvinegro foram nos últimos compromissos.

Para efeito de comparação, o Botafogo havia tomado sete gols nas últimas 12 partidas que fez, contando Série B, Carioca e Copa do Brasil - com exceção aos últimos três jogos do Brasileirão, obviamente. Ou seja, o número necessário para o Alvinegro ser vazado em sete oportunidades diminuiu em 300%.

De três para 12 partidas no número necessário a ser vazado em sete vezes, isto mostra que o sistema defensivo do Botafogo, como um todo, não está no mesmo ponto de destaque como outrora.

+ Veja a tabela da Série B

Há o impacto, claro, de ter iniciado a trajetória no principal objetivo da equipe na temporada: a tentativa de retornar à elite do futebol brasileiro. O começo do caminho do Botafogo na Série B, principalmente nos jogos fora de casa, tem sido irregular. O sistema defensivo, contudo, precisa se reajustar. Os números passam longe de trazer confiança.