Nelson Mufarrej e Gustavo Noronha com o elenco do Botafogo

Glorioso tenta juntar os cacos para não ter a segunda eliminação em cinco dias (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Felippe Rocha
09/02/2018
12:34
Rio de Janeiro (RJ)

A eliminação na Copa do Brasil resultou numa forte pressão sobre todos no Botafogo: jogadores, treinador e diretoria. Para aparar as arestas e buscar unir forças antes da semifinal da Taça Guanabara, o presidente do clube, Nelson Mufarrej, e o vice-presidente de futebol, Gustavo Noronha, fizeram uma reunião com os jogadores logo após o treino desta sexta-feira, véspera da partida contra o Flamengo.

- Tivemos essa conversa com o presidente, que nos apoiou, deu confiança para esse jogo muito importante. Falamos sobre essa fatalidade que foi a eliminação. Nós, jogadores, sabemos a responsabilidade. O que pode ser feito é o próximo jogo. O foco total é esse - admitiu o meia Renatinho.

A partida pode ser a última de Felipe Conceição como treinador do Alvinegro, diante de tamanha revolta de grande parte da torcida e sócios para demiti-lo. Mesmo com apenas seis partidas jogadas. A delegação alvinegra viaja para Volta Redonda ainda nesta sexta e se concentra para o clássico. Renatinho confessa que nunca havia vivido tamanha pressão.

- É a primeira vez. Estamos preparados, futebol é assim. Resultado positivo te leva lá em cima, no ruim está tudo errado. Sabemos o problema que foi, mas é focar na vitória pois empate não nos serve - lembra.