Nelson Mufarrej - Presidente Botafogo

Nelson Mufarrej é o presidente do Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)

Sergio Santana
03/12/2019
15:52
Rio de Janeiro (RJ)

O projeto de profissionalização está, definitivamente, perto de um desfecho. No dia 12 de dezembro, uma quinta-feira, às 19h30, em General Severiano, os conselheiros do Botafogo vão conhecer e votar pela adequação ao modelo de clube-empresa. Na última segunda-feira, os conselheiros foram convocados para o pleito. 

De acordo com o documento, a nova estrutura, que separará o futebol do núcleo social do Botafogo, assumirá, além dos departamentos profissional e da base, as dívidas, cessão de contratos, cotas de participação, direitos de participação nas competições, patrocínios, uso do Nilton Santos e contratos dos jogadores e demais profissionais envolvidos com o futebol.

A data inicial para a reunião era 10 de dezembro. Como, por regra e para preparar todos os detalhes do pleito, o prazo para uma convocação é de dez dias e Carlos Augusto Montenegro, ex-presidente do Botafogo e figura essencial no projeto de profissionalização, já tinha um compromisso marcado no dia 11, a reunião foi marcada 12 de dezembro.

Além disto, os conselheiros tomarão conhecimento do empréstimo feito junto ao Banco BMG, responsável pelo pagamento de duas folhas salarias na última semana, e votarão pela entrada de um novo orçamento com o intuito de reformar o Ginásio Oscar Zelaya, ginásio localizado em General Severiano, que prevê um aumento na capacidade da arena.

Os conselheiros terão conhecimento de um projeto que vem sendo construído há seis meses e vão decidir se aceitarão a mudança no Estatuto para o começo do modelo de clube-empresa em 2020. A tendência é que o plano seja aprovado pelos conselheiros e, então, o projeto passará para a Assembleia Geral, onde será consolidado. 

Botafogo
(Foto: Divulgação)

Confira a nota divulgada pelo Botafogo:
"​Em continuidade ao projeto que propõe uma nova estrutura societária para gestão do futebol totalmente gerida por investidores profissionais, o Conselho Diretor submeterá o tema para apreciação do Conselho Deliberativo em agenda programada para o dia 12/12.

Nesta oportunidade serão apresentados por especialistas não somente a modelagem societária proposta, mas também a formatação da operação financeira que visa direcionar as atividades de futebol do Botafogo de Futebol e Regatas para o formato de clube-empresa."