Gustavo Noronha - Botafogo

Gustavo Noronha, vice de futebol do Botafogo (Vitor Silva/SS Press)

LANCE!
08/07/2019
16:33
Rio de Janeiro (RJ)

A delicada situação financeira que vive o Botafogo pode gerar mais um incômodo problema pela frente. O clube atualmente tem 11 atletas cujos vínculos contratuais encerram-se em dezembro deste ano. Dessa forma, a diretoria corre contra o tempo para ao menos abrir diálogo com envolvidos que são considerados "importantes" ao elenco. Até porque qualquer um desses jogadores já estão legalmente autorizados a assinarem um "pré-contrato" com outro clube.

Tem sido frequente nas últimas temporadas os dirigentes optarem por assinarem contratos curtos quando fecha com alguma contratação. Por isso, cinco jogadores do grupo supracitado foram contratados em 2019. Um deles é Diego Cavalieri, que chegou a custo zero para ser reserva de Gatito Fernández e teve atuação destacada contra o CSA, na penúltima rodada antes da pausa para a Copa América. Em entrevista ao programa "Donos da Bola", da "TV Bandeirantes", o vice de futebol, Gustavo Noronha, foi curto, mas confirmou as conversas com o arqueiro.

- Estamos em tratativas para a renovação. Grande goleiro e pessoa - garantiu o profissional, que também falou sobre a sondagem que o Gatito vem recebendo do futebol internacional:

- Nenhum dirigente do futebol brasileiro pode afirmar que algum jogador não vai sair do clube, porque o poder econômico está na Europa, mas vai ser difícil tirar o Gatito do Botafogo. É um jogador importantíssimo, tivemos sondagens do futebol português, mas nenhuma proposta específica. A sondagem veio do Porto, mas não há proposta e não vai ser fácil tirá-lo daqui. Ele é muito importante.

Quem também já está situação em andamento é o atacante Rodrigo Pimpão. A informação foi informada primeiramente pelo site "Globo Esporte". O próximo passo é definir um modelo ideal para o negócio, mas nada que atrapalhe o desenvolvimento da negociação.