Matheus Babi

Babi tem um gol e uma assistência no Brasileirão (Foto: Vítor Silva/Botafogo)

LANCE!
21/08/2020
15:30
Rio de Janeiro (RJ)

O centroavante Matheus Babi já é um dos novos xodós da torcida do Botafogo, depois do bom início de Campeonato Brasileiro. O jogador de 23 anos, contratado do Macaé, durante a pausa imposta pela pandemia, tem agradado também a comissão técnica com as boas atuações.  Na vitória, por 2 a 1, sobre o Atlético-MG, na última quarta-feira, ele chegou a ser eleito o melhor em campo. Tímido, o jovem confessou ainda não ter se acostumado com a fama repentina. 

– Está sendo um trabalho bem feito, estou buscando evoluir a cada jogo. Antes de vir para cá, me preparei muito. Porque em time grande você precisa trabalhar dobrado e o resultado está vindo dentro de campo. A ficha não caiu ainda. Será que é isso mesmo? Tenho costume de ficar em casa, não saio muito, mas a ficha não caiu quando pedem para tirar foto, por exemplo. Estou gostando – disse à Botafogo TV. 

Babi já soma um gol e uma assistência em três jogos de Campeonato Brasileiro pelo Glorioso. De família alvinegra, ele revelou que a pressão para ir bem no clube começa em casa.

– Meu avô, minha avó, meu pai, minha outra avó, meus tios todos são botafoguenses. Minha mãe também era, faleceu quando eu era menor. Se perder um jogo, já era. Mas se ganhar também, é felicidade imensa. Esse jogo agora, ninguém dormiu. A resenha lá fluiu até tarde – brincou.

O apelido Babi vem da infância em Macaé e já começa a render brincadeiras e trocadilhos nas redes sociais.

– Vi um torcedor me chamando de Ibabimovic, ri demais com esse apelido. Isso me motiva demais. Você procura fazer mais e mais para dar alegria ao torcedor – finalizou.

O próximo desafio de Babi e do Botafogo pelo Campeonato Brasileiro é no próximo domingo, às 11h, no Maracanã. O Alvinegro disputa o clássico com o Flamengo, em jogo válido pela 5ªrodada.