Sampaoli gostou do Galo convicto com sua ideia de jogo ser mantida mesmo quando o time estava perdendo a partida para o Corinthians

Sampaoli gostou do Galo convicto com sua ideia de jogo ser mantida mesmo quando o time estava perdendo a partida para o Corinthians-(Bruno Cantini/Atlético-MG)

Valinor Conteúdo
12/08/2020
22:17
Belo Horizonte

Jorge Sampaoli saiu satisfeito pelo empenho do Atlético-MG na vitória de virada sobre o Corinthians, nesta quarta-feira, 12 de agosto, no Mineirão, por 3 a 2. O treinador alvinegro destacou também a convicção do seu time em manter o estilo de jogo, mesmo quando estava atrás no placar, na etapa inicial.

-O determinante (no resultado) foi a convicção. A convicção de saber que jogamos contra uma equipe muito grande, como o Corinthians, e perdíamos de 2 a 0. Mesmo assim, a equipe não teve vergonha de subir as linhas, atacar por todos os lados e virar a partida. Para a gente, isso é muito importante-disse o argentino, que citou as mudanças que realizou na equipe para o segundo tempo, que deram resultado imediato, com 16 minutos de futebol intenso e a virada sobre o Timão.

-As mudanças geraram coisas muito importantes em relação à partida, mas creio que também pesou a valentia contra um time tão importante como o Corinthians, que define tão bem-explicou o técnico. Em seguida, Sampaoli foi enfático ao dizer que o Atlético foi melhor do que o Timão o jogo todo, mesmo quando estava perdendo por 2 a 0.

- Tanto no primeiro, quanto no segundo tempo, fomos amplamente dominadores. O rival aproveitou um erro não forçado no primeiro gol. Tivemos chances, finalizamos na trave, tivemos três ou quatro finalizações que passaram na pequena área. Depois, o rival, no único ataque que teve, fez o gol-comentou Sampaoli.


Por fim, o treinador atleticano reforçou que mesmo seu time ter vencido dois jogos no Brasileiro contra rivais de peso, ressaltou que o Galo ainda está sendo formatado, que é uma equipe em construção.

-Estamos em plena formação. Aprendendo juntos a jogar de uma forma, de uma maneira que priorize o meio e fazer com que o esquema defensivo seja muito forte. Estamos no princípio da formação e há um caminho longo para percorrer- concluiu treinador que volta a comandar o alvinegro de Minas no domingo, 16, às 11h, contra o Ceará no Mineirão.