A dupla da noite: Zaracho e Hulk foram imparáveis em campo diante do River. Galo nas semisfinais

Zaracho terminou o ano como um dos grandes destaques alvinegros na temporada-(Pedro Souza/Atlético-MG)

Anderson Gonçalves-Valinor Conteúdo
22/12/2021
19:45
Belo Horizonte

O meio de campo é o lugar dos craques, como diria a música “Uma partida de futebol”, da banda mineira Skank. E, no caso do Atlético-MG, multicampeão de 2021, com três conquistas no ano (Mineiro, Copa do Brasil e Brasileiro), o setor foi determinante para o incrível ano alvinegro.

Zaracho, Jair, Allan, Nacho Fernández , Tchê Tchê foram as peças chave do meio de campo, criando e desarmando com uma eficiência alta, que garantiram várias vitórias do Galo na temporada.

Dos 136 gols anotados em 2021, o meio de campo do Galo teve 37 participações em gols dando assistências para os companheiros. Destaque para Nacho, que deu 11 passes para os companheiros.

Por falar em bolas na redes, os jogadores do meio de campo colaboraram com 31 gols. O artilheiro do setor foi Zaracho, com 13 tentos, sendo o vice artilheiro da equipe no ano, ficando atrás apenas de Hulk. O meia também é o maior "ladrão" de bolas do alvinegro, com 75 desarmes. 

Confira o desempenho do meio de campo do Galo em 2021:

Assistências para gol: 37
Gols anotados: 31

Maior "ladrão" de bolas: Zaracho, com 75 desarmes