Marrony teve boa atuação e mostrou que pode ser uma opção para Sampaoli no comando do ataque

Marrony marcou quatro gols pelo Galo e tenta recuperar espaço no time alvinegro-(Bruno Cantini/Atlético-MG)

Valinor Conteúdo
18/10/2020
15:00
Belo Horizonte

Nem o ataque mais positivo do Campeonato Brasileiro, com 29 gols em 16 jogos, deixa o técnico Jorge Sampaoli satisfeito. E, essa insatisfação é sentida pelo elenco do Atlético-MG, líder do campeonato, com 31 pontos.

O Galo chuta muito a gol. Foram 257 finalizações, com 104 acertos à meta adversária. Apesar de dados expressivos, o atacante Marrony, indica que a equipe pode fazer mais e ser ainda mais efetiva na hora de concluir a gol. A receita: paciência quando o momento decisivo de arrematar chegar para os atacantes alvinegro.

-O que falta mesmo é mais paciência e tranquilidade para terminar as jogadas. Nós treinamos bastante as finalizações. Estamos buscando ficar cada vez melhores. O Décio, assistente do Sampaoli, pega os atacantes e volantes para a gente aperfeiçoar. Acho que esse pode ser um defeito, mas a gente está buscando evoluir. Por mais que a gente esteja pecando nisso, o nosso time está fazendo bastante gols. Está conseguindo finalizar algumas jogadas muito bem. Então é aperfeiçoar cada vez mais porque a gente pode dar muito mais ainda para o Galo - disse Marrony.

Marrony, que marcou pela última vez diante do Goiás, perdeu espaço na equipe alvinegra desde que Sasha foi contratado. A mudança de posição, deixar de jogar mais aberto, para ser o camisa 9, “matador” parece ter afetado o seu volume de jogo. Porém, em conversa com Sampaoli, sabia que o treinador o queria como referência no ataque. E, está em busca de adaptação.

- Desde quando eu cheguei aqui, Sampaoli sempre falou comigo que ia me usar como 9. É uma posição nova minha. Estou tentando cada vez mais me adaptar. Acho que estou conseguindo entender bem sim. Eu cheguei muito bem, fazendo gols, mas infelizmente fui para o banco, mas estou seguindo firme e com a cabeça boa porque sei que vou ter mais oportunidades e tenho que estar bem para aproveitar-completou o atacante, que tem quatro gols na temporada sendo três no Brasileiro.