Keno teve uma noite especial, com três gols pela segunda vez seguida e ainda marcando o gol 2000 do Galo na história do Brasiileiro

Keno teve uma noite especial, com três gols pela segunda vez seguida e ainda marcando o gol 2000 do Galo na história do Brasiileiro-(Bruno Cantini/Atlético-MG)

Valinor Conteúdo
27/09/2020
11:06
Belo Horizonte

Bom futebol, gol histórico e liderança isolada do Campeonato Brasileiro foram os ingredientes do triunfo do Galo sobre o Grêmio, por 3 a 1, na noite de sábado, 26 de setembro, no Mineirão, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Todavia, um personagem em especial se destacou individualmente, ajudando o coletivo atleticano a manter a boa campanha no campeonato: Keno deixou três gols pelo segundo jogo seguido pelo Galo e se tornou o primeiro jogador do Atlético a conseguir a façanha em quase 50 anos de Brasileiro, desde 1971.

Além dos três tentos anotados diante do Grêmio, Keno deixou sua marca nas redes do Atlético-GO, uma semana antes, marcando seis gols em dois jogos, sendo o sétimo na temporada, superando Nathan, que fez quatro gols este anos.

Outra marca a ser celebrada pelo Galo com a ajuda de Keno, foi o gol 2000 na história do Campeonato Brasileiro. Foi a segunda equipe brasileira a conseguir o feito. O São Paulo foi o primeiro time a chegar à marca.

- Fico feliz pelos gols, mais importante são as vitórias. Brasileiro é difícil. Nunca tinha feito três gols num jogo, e agora em duas partidas. Muito trabalho, ajuda dos companheiros. Fico feliz pelo gol e pela vitória - disse depois do jogo.

O fim de semana do Atlético-MG foi perfeito para o seu torcedor, pois teve o desempenho dentro de campo satisfatório, marcas expressivas e ainda viu o rival se afundar ainda mais na sua crise, com derrota e volta à zona de rebaixamento da Série B. O atleticano está nas “nuvens”.