José Welison foi um dos pilares do meio de campo alvinegro

Zé Welisoh foi uma das boas surpresas de 2018 no meio de campo alvinegro- Bruno Cantini/Atlético-MG

Valinor Conteúdo
03/12/2018
16:43
Belo Horizonte

Após vencer se garantir na fase preliminar da Libertadores, vencendo o Botafog no último sábado, na rodada final do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG já iniciou seu planejamento para a competição sul-americana que começa no fim de janeiro para o clube.

E o bom fim de temporada deixou uma base montada para Levir Culpi trabalhar, diminuindo a necessidade de grandes volumes de contratações para o time.

Um dos setores que deixam o treinador tranquilo é a parte defensiva do meio de campo. O setor conta com Zé Welison, Elias, Adilson, Matheus Galdezani e ainda ganhará o retorno de Gustavo Blanco, que se recuperou de uma lesão grave no joelho, que o tirou de grande parte do ano de 2018.

Outro que voltou de um problema no joelho. Zé Welison comentou o momento no clube e já anseia por jogar a competição sul-americana.

- Tive uma evolução muito grande nos últimos meses e estou feliz por isso. Procurei dar meu máxima desde que cheguei ao Atlético-MG. Honrei essa camisa do início ao fim. Estou muito feliz com tudo que vem acontecendo comigo aqui no clube e colocar o Galo de volta na Libertadores foi um fato marcante, disse Zé Welison.

Das cinco opções do Galo para a “volância” , apenas Galdezani tem contrato se encerrando no fim de 2018 e ele ainda não sabe se o seu empréstimo será renovado para mais uma temporada no clube. O Galo vai jogar a fase preliminar da Libertadores no mês de fevereiro e vai conhecer os seus adversários na competição no dia 17 de dezembro.